Fórmula 1

Massa cogita ser comentarista e diz que mulher "vetou" a Indy

REUTERS/Adrees Latif
Imagem: REUTERS/Adrees Latif

Luiza Oliveira

Do UOL, em São Paulo

09/11/2016 21h33

Felipe Massa decidiu se aposentar da Fórmula 1 e já começa a pensar sobre o futuro. Hoje, ele estuda correr em três categorias do automobilismo e tem vontade de se tornar comentarista de televisão em algumas corridas do calendário.  A Fórmula Indy, embora tenha sido um sonho, de criança, está descartada por causa da família.

“A Indy sempre me interessou quando criança, era uma das opções, eu esperava chegar na Indy ou na Fórmula 1. Mas no momento que estou hoje, estou com 35 anos, pela idade que tenho acho que pela família que tenho... minha mulher iria ficar muito chateada se eu fosse correr na Indy, me arriscar próximos dos muros. O Felipinho também”, disse.

Hoje, o piloto tem como principais opções as categorias DTM (Campeonato Alemão de Turismo), a WEC (Mundial de Endurance) e a Fórmula E. Mas Massa não quer deixar a Fórmula 1 de vez. Ele ainda quer participar de alguns GPs como embaixador das marcas que o patrocinam e pensa em comentar.

“Quero ser comentarista apenas nas corridas em que eu for. Televisão não tem obrigação de ser brasileira, pode ser estrangeira”, afirmou.

Um dos planos do brasileiro com a aposentadoria na F1 é também levar uma vida mais tranquila, sem precisar fazer tantas viagens e ficar mais perto da família. O piloto está bem tranquilo sobre sua decisão, mas admite um certo receio por mudar completamente a sua vida.

“A aposentadoria é algo novo. Vou continuar correndo, mas estava há 15 anos na Fórmula 1, é uma mudança, algo novo para minha vida. Tenho receios, mas estou pronto para dar o próximo passo. Vou continuar aparecendo em corridas de Fórmula 1, dando minha imagem a empresas, trabalhar na TV como comentarista. Tem muita coisa acontecendo. Estou feliz com minha decisão”.

Massa recebeu a imprensa em um evento de um de seus patrocinadores na noite desta quarta-feira. O piloto está com a agenda cheia de compromissos profissionais, especialmente por ser o último GP do Brasil. Perto do adeus, ao refletir sobre a carreira, o vice-campeão de 2008 diz que se sente orgulhoso.

“Saio com a sensação do dever cumprido, é uma carreira bonita. Meu sonho era ser campeão, sou o piloto que chegou mais perto na história da Fórmula 1, as coisas mudaram na última curva. Mas tenho o dever cumprido da minha carreira. Sou honrado por tudo que passei, pelas minhas experiências de vida. Saí de casa sem dinheiro, sem falar de línguas, aprendi tudo sozinho”, diz ele.

Massa ainda relembra os bons e maus momentos e do que vai sentir falta.

“Lógico que das corridas, o que sempre gostei da competição. Gosto da Fórmula 1 e das pistas incríveis como Interlagos, Suzuka, Spa, Monaco. Conhecer países maravilhosos, onde você tem o carinho do fã. Vou sentir muita falta disso. Tem coisas que não vou sentir falta, do lado político, treinar no simulador de corrida, estar na fábrica, treinar muito antes, não vai me fazer tanta falta”.

Entre os momentos inesquecíveis estão as vitórias em Interlagos. E o pior momento é o GP de Cingapura de 2008 quando ele, então piloto da Ferrari, era líder da corrida até a entrada do safety car na pista. A intervenção foi causada por uma batida proposital de Nelsinho Piquet para favorecer Fernando Alonso. Os dois eram companheiros na Renault.

“O momento que foi a realização foi vencer em Interlagos pela primeira vez. É maravilhoso, jamais vou esquecer, vestido de verde e amarelo, lembrando da época que ia na arquibancada. Tive a oportunidade de vencer mais uma vez. E vou guardar para sempre Cingapura, a corrida comprada, onde aconteceu uma batida por querer para mudar o resultado. Jamais vou esquecer disso. Não é algo relativo ao esporte”.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
AFP
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Topo