Fórmula 1

De fortuna a morte prematura: que fim tiveram os campeões aposentados da F1

Divulgação
Assim como Rosberg, Mike Hawthorn se aposentou após seu único título na F1 Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

12/12/2016 11h47

O que Nico Rosberg tem em comum com Jackie Stewart, Nigel Mansell e Alain Prost? Os três pilotos surpreenderam ao deixarem a Fórmula 1 logo depois de conquistarem títulos na categoria, assim como um campeão menos famoso, Mike Hawthorn que, assim como o piloto alemão, se aposentou após seu primeiro e único título.

A história aconteceu em 1958: o britânico não tinha o melhor carro, mas venceu a batalha com seu algoz Stirling Moss, em uma história curiosa. O lance decisivo do campeonato aconteceu a 3 provas do final, em Portugal, quando Hawthorn, que fora 2º colocado, foi desclassificado por empurrar seu carro. Moss defendeu o colega e conseguiu que a punição fosse revogada. Acabou perdendo o campeonato pelo cavalheirismo.

Logo após a conquista, o piloto, que estava na F-1 desde seu terceiro ano, em 1952, anunciou a aposentadoria. Porém, três meses depois o piloto morreu em um acidente de automóvel. A bordo de seu Jaguar 3.4 Mk 1, bastante ‘envenenado’, bateu em uma árvore em uma rodovia na Inglaterra. Muitas teorias surgiram após o acidente, incluindo falha mecânica, mas o mais provável é que o acidente tenha ocorrido enquanto o campeão tirava um racha na estrada com seu amigo e piloto Rob Walker.

O escocês Jackie Stewart foi outro que se aposentou logo após conquistar o título - no caso dele, o terceiro, ao final da temporada de 1973. O motivo foi o acidente que matou seu então companheiro de equipe, o francês François Cevert, considerado um dos mais talentosos de sua geração.

Após deixar a Fórmula 1, o hoje Sir Jackie Stewart fez um pouco de tudo: foi comentarista de TV, apresentou Jogos Olímpicos, representou diversas marcas ao longo dos anos e chegou a ser chefe de equipe entre 1997 e 1999. Em tudo o que fez, mesmo no fim da Stewart GP, pela qual Rubens Barrichello correu, o escocês sempre lucrou.

O primeiro e único título de Mansell na F-1 demorou: foram três vices (1986, 1987 e 1991) até a conquista, com folga, a bordo de um dos melhores carros da história, o Williams FW14B. Com 39 anos e descontente com a contratação de Alain Prost para a temporada seguinte, o inglês decidiu deixar a categoria, indo correr na Indy em 1993 - e ganhando o campeonato. O “leão” ainda voltaria em 1994, substituindo o brasileiro Ayrton Senna na própria Williams, e voltaria a encerrar a carreira na categoria em 1995. Depois disso, disputou várias categorias, principalmente no turismo, e também se tornou jogador de golfe.

A Williams manteve sua tradição de não manter seus campeões no ano seguinte, quando Alain Prost, que passara um ano longe da F-1 em 1992, retornou para ganhar o título também com folga. Na época, disse que estava de saída porque queria “se aposentar no topo”: tetracampeão, aos 38 pontos. Imediatamente após sua aposentadoria na categoria, Prost passou a trabalhar como comentarista para a televisão francesa, posto que também ocupa atualmente. Em 1997, o tetracampeão assumiu o controle da equipe Ligier, renomeada Prost GP, mas não teve sucesso e o time entrou em falência em 2002. No ano seguinte, Prost voltou a correr em um campeonato de corrida no gelo, e foi tricampeão.

Rosberg, por sua vez, ainda não anunciou o que fará no futuro, mas declarou recentemente que gostaria de atuar no cinema. "Acho que eu seria um bom ator de filme de ação", disse o campeão.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
AFP
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Redação
Redação
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Topo