Topo

Fórmula 1

Ferrari promete até "carpete vermelho" para ter filho de Schumi em academia

FABRIZIO BENSCH/Reuters
Mick Schumacher segue o caminho do pai no automobilismo Imagem: FABRIZIO BENSCH/Reuters

Do UOL, em São Paulo

13/01/2017 11h17

Com apenas 17 anos e carregando o sobrenome do único heptacampeão de Fórmula 1 da história, Mick Schumacher já desperta a atenção de diversas equipes. Nesta sexta-feira, foi a vez de a Ferrari dizer que está impressionada com as qualidades do filho de Michael Schumacher.

Em entrevista ao jornal italiano “Gazzetta dello Sport“, o gerente da academia de pilotos da Ferrari, Massimo Rivola, disse que estenderia até um tapete vermelho para receber Mick no programa de desenvolvimento de jovens da escuderia.

"Obviamente, nós o seguimos. E este ano vamos ter a oportunidade de ficar muito perto de Mick, porque ele será companheiro de equipe do nosso piloto (Guan Yu Zhou) na equipe Prema”, disse Rivola, referindo-se ao chinês que faz parte da academia da equipe.

"Sobre seu futuro, eu não sei o que Mick vai decidir, mas se ele gostar de entrar no programa da FDA (siga da academia, em inglês), ele vai encontrar um tapete vermelho", completou.

Em 2017, Mick Schumacher disputará o Campeonato Europeu de Fórmula 3 com a Prema. Além da Ferrari, a Mercedes já disse que tem o interesse em inscrever o jovem em seu programa de desenvolvimento de pilotos.

Segundo Rivola, a disputa por Mick Schumacher será grande não apenas por seu desempenho em pista, mas por sua postura fora dela.

"Mick parece muito educado e não está cheio de si mesmo - parabéns aos pais, eles fizeram um ótimo trabalho com ele. Ele é muito jovem, e ele deve gerenciar uma pressão de mídia muito grande, mas ele está fazendo muito bem", disse.

Quer receber notícias de Fórmula 1 de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!