Fórmula 1

Ingleses estudam vender nomes de curvas de Silverstone para lucrar com GP

AFP PHOTO / OLI SCARFF
Imagem: AFP PHOTO / OLI SCARFF

Do UOL, em São Paulo

31/01/2017 13h06

Os organizadores do GP da Grã-Bretanha já deixaram claro que não pretendem cumprir o atual contrato, firmado com Bernie Ecclestone e com duração até 2026, tendo a possibilidade de final em 2019. E, para continuar sediando a prova em Silverstone, esperam que uma mudança no atual acordo lhes dê mais liberdade para ganhar dinheiro com a prova. Mesmo que isso inclua negociar os nomes da curva do famoso circuito.

O problema dos organizadores é que, embora o CEO do Grupo Liberty Media, Chase Carey, que acabou de tomar o controle da F-1, tenha salientado a importância de manter as provas tradicionais europeias, não houve qualquer sinalização de que os novos donos queiram diminuir as taxas cobradas atualmente pelas provas. No caso de Silverstone, a prova custará 21 milhões em 2017, valor que vai aumentando até o final do contrato, em 2026.

Com isso, a busca dos administradores de Silverstone é procurar outras formas de rentabilizar com a prova.

“No nosso contrato atual, a única maneira de fazer dinheiro com um GP, além de shows, é com a venda de ingressos”, explicou Derek Warwick, do BRDC, clube que administra Silverstone, ao Guardian. “Chase está dizendo que outros circuitos têm acordos um pouco diferentes do nosso, então há oportunidades para que possamos aumentar nossa receita. Ele está dizendo que vai mudar a maneira como podemos ganhar dinheiro com o GP.”

As ideias incluem até mudar o nome das famosas curvas do circuito britânico. “Talvez possamos ter mais eventos com os boxes abertos, shows maiores, mais patrocínio - e talvez até renomear as curvas. São coisas que podemos mudar, mas que não são possíveis com o contrato antigo.”

“Não podemos continuar da maneira que estamos. Temos de pensar em diferentes tipos de receita, precisamos pensar em um novo contrato para que possamos estender para além de 2019. Isso será possível porque a Liberty não quer perder Silverstone e o GP da Grã-Bretanha e nós também não queremos perder a prova, então há de existir um meio termo.”

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Redação
Redação
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Topo