Fórmula 1

Mercedes lança carro "magrinho" com o desafio de manter a hegemonia na F-1

Reprodução/Twitter
Imagem: Reprodução/Twitter

Do UOL, em São Paulo

23/02/2017 09h22

Dominadora da Fórmula 1 nos últimos três campeonatos, a Mercedes começou a temporada 2017 já mostrando serviço e lançou oficialmente seu carro após Lewis Hamilton já ter dado suas primeiras voltas na pista, em Silverstone, na Inglaterra.

"Senti-me incrível no carro", empolgou-se o tricampeão. "É o carro mais detalhado que já fizeram na Fórmula 1, é incrível o que eles fizeram e tenho orgulho de continuar com a equipe. Naturalmente, a sensação é de que o carro é bem largo, claro, os pneus dianteiros são enormes, mas já dá para sentir o aumento da pressão aerodinâmica, mesmo fazendo voltas um pouco mais lentas e com a pista tão fria e com tanto vento. Senti um carro mais potente, uma besta".

“Em um momento em que as regras vão mudar tanto, poder ver o carro na pista andando sem problemas e já tão detalhado é incrível”, destacou o chefe Toto Wolff. “Em 2016, nos perguntávamos o tempo todo quanto deveríamos melhorar o carro e o quanto investir no carro novo. Mas temos um grupo de pessoas super inteligentes, mas veremos o resultado na pista e estou confiante. Talvez alguém tenha encontrado algum segredo e tomara que sejamos nós.”

A equipe alemã manteve algumas filosofias do carro anterior, como as suspensões e o bico mais alto e arredondado e ainda estuda se usará ou não a barbatana de tubarão presente nos lançamentos de Sauber, Renault e Force India. Porém, o que mais chamou a atenção no carro foi a compactação, tanto da parte dianteira como - e especialmente - da traseira.

O lançamento também deu a chance do novo piloto da equipe, Valtteri Bottas, andar com o W08, na parte da tarde na Inglaterra. O finlandês vem da Williams com a responsabilidade de substituir o campeão Nico Rosberg, que anunciou a aposentadoria dias após a conquista do título, e terá apenas um ano de contrato. Em sua quinta temporada, Bottas ainda busca sua primeira vitória na Fórmula 1.

"É um grande orgulho para mim, um grande dia. Será a primeira vez pilotando uma Flecha de Prata, e tudo parece estar funcionando bem", afirmou o finlandês. "A sensação é de que tudo é real e o carro parece incrível. O que realmente gosto em relação a ele é que ele parece limpo, mas ao mesmo tempo ele é cheio de detalhes. É impressionante o quanto já foi feito mesmo antes dos testes."

Hamilton curte lançamento com os fãs

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram
Já Lewis Hamilton vai em busca do tetracampeonato e de recordes marcantes: o piloto já é o segundo maior da história em número de vitórias, com 53, e deve superar, em 2017, Ayrton Senna e Michael Schumacher em número de poles: o inglês tem 61 contra 65 do brasileiro e 68 do alemão. As primeiras voltas que o piloto deu em Silverstone também serviram para marcar a estreia do capacete desenhado pelo brasileiro Raí Cadalto, vencedor de um concurso que contou com milhares de competidores ao redor do mundo.

Durante o lançamento, Hamilton fez uma transmissão por meio do Instagram, inclusive respondendo perguntas dos fãs enquanto tinha seu cabelo preparado para as fotos oficiais. O piloto comentou sobre música, sobre o desenho de seu capacete, sobre Mônaco - "o melhor é andar de moto lá, faço muito isso" - sobre a recuperação de sua cadela, Coco, que recentemente passou por uma cirurgia. "E Roscoe [seu outro bulldog] está passeando com o Lionel Richie. Ele não sabe, mas está". O piloto ainda falou que visitar a África neste ano "está no topo da lista", mas também falou sobre corrida. "Não estou preocupado com a queda no número de ultrapassagens neste ano, mas não é isso o que queremos ver. Mas o som do carro é o mesmo do ano passo, infelizmente."

A Mercedes vive o desafio de manter uma hegemonia mesmo em um ano no qual haverá uma extensa mudança de regras: os carros e pneus ficaram mais largos e o desenvolvimento dos motores terá menos limitações. O time perdeu ainda seu diretor técnico, Paddy Lowe, e contratou James Allison, ex-Ferrari, para o cargo.

Os primeiros testes coletivos começam dia 27 de fevereiro, no Circuito da Catalunha, na Espanha. Serão duas baterias de quatro dias de atividades nas duas próximas semanas. O campeonato começa com o GP da Austrália, em Melbourne, dia 26 de março.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Esporte Ponto Final
Grande Prêmio
UOL Esporte
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
AFP
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Topo