Fórmula 1

De luta à bike, como Massa ganhou 2kg para encarar "porrada" de carro novo

Julianne Cerasoli

Do UOL, em São Paulo

13/03/2017 04h00

São até 3kg perdidos em menos de duas horas de atividade, tendo seu pescoço ‘empurrado’ pelo equivalente a de 35 a 45kg a cada curva, ao mesmo tempo em que se julga o momento de uma ultrapassagem a mais de 300km/h, sabendo que qualquer erro pode levá-lo ao muro. Se a vida de piloto de Fórmula 1 já não era fácil, a partir desta temporada, com o aumento da velocidade dos carros, ela será ainda pior.

Com a expectativa de que os carros sejam até 40km/h mais rápidos nas curvas, o que foi comprovado nos testes de pré-temporada, quando os tempos ficaram pelo menos 4s abaixo em relação a 12 meses atrás, Felipe Massa teve que voltar da breve aposentadoria com tudo para se preparar para um desafio bem maior do que vinha tendo nos últimos anos.

Alex Azevedo/Arquivo Pessoal
Alex Azevedo vai viajar junto com Massa para os GPs da temporada Imagem: Alex Azevedo/Arquivo Pessoal
“Depois que eu decidi que o caminho era continuar, tentei me preparar da melhor forma possível. Fiquei com um pouco de medo de chegar e ver que o carro era bem mais difícil do que a gente esperava”, explicou o brasileiro. “Me preparei para estar pronto para a porrada, sem saber como era o carro. Treinei mais para ganhar massa muscular, ganhei mais ou menos 2kg, para aceitar o impacto que vamos ter neste ano.”

Para isso, o piloto da Williams trabalhou duro com seu preparador físico Alex Azevedo. O profissional já vinha treinando Massa nos últimos dois anos, mas a partir de agora vai acompanhá-lo em todas as etapas, substituindo o fisioterapeuta Matteo Orsi.

Em entrevista exclusiva ao UOL Esporte, Alex explicou que o piloto não precisa ter somente uma boa condição cardiovascular ou músculos fortes e resistentes - especialmente o pescoço e o tronco: ele tem que ter tudo isso sem perder sua capacidade de concentração, o que exige uma preparação bastante completa.

“Em momentos de estresse físico ou de cansaço no caso de um atleta como o Felipe, é preciso estar com o corpo e mente equilibrados, de modo que se faça o movimento gastando o mínimo de energia possível”, explicou.

"Esses atletas são dotados de uma consciência corporal incrível e que se adapta a qualquer estímulo de modalidade dado. Com o Felipe não é diferente. E para tornar essa consciência corporal, que é crucial no automobilismo, ainda mais aprimorada, temos trabalhado a questão da qualidade e controle de movimento. Para chegar nesse objetivo, gosto de usar um trabalho multidisciplinar, que englobe ora circuitos metabólicos, ora aeróbicos, além de exercícios anaeróbios, sessão de musculação e trabalho de mobilidades articulares (o que temos feito bastante).”

Qual é a exigência física de um F-1?
Coração:
“Em uma corrida de Fórmula 1, o estímulo dado no coração varia entre 160 até 200 bpm, como o de um jogador de futebol durante uma árdua partida. Em dias de clima com temperatura elevada, a desidratação é tão grande que o piloto pode perder até 3kg em uma única corrida”, afirma Alex.

Músculos: “Quando um piloto faz a curva para um lado, a cabeça é literalmente arremessada para o outro. Poderia ser representado de 35kg a 45kg de força naquele momento, lembrando que isso se repete em média 70 vezes por corrida, obviamente, dependendo do número de voltas de cada Grande Prêmio”, diz o preparador de Massa.

Mente: “O piloto precisa se dar conta de que hoje toda essa questão física e de raciocínio se dá muito rápido. Aliás, na maioria das vezes, simultaneamente. Eles precisam estar atentos ao combustível, pneus, detalhes técnicos dos carros e, claro, na ação de seus adversários, tudo isso lembrando que eles estão a mais de 300km/h em alguns momentos. Por isso, o tipo de treino que realizo com o Felipe demanda a intensidade necessária para a execução do movimento e, ao mesmo tempo, exigindo concentração máxima na realização do mesmo, simulando o que ele de fato encontrará durante a corrida.”

Balança: a categoria determina um peso mínimo para o conjunto carro + piloto, e é desejável pelas equipes estar o mais próximo disso, o que pressiona os pilotos a serem bem preparados, mas sem ganhar muito peso. “Hoje, um piloto pesa, em média, 65kg com um percentual de gordura em média de 7%. Esse índice equivale a de um maratonista, por exemplo, lembrando que qualquer quilo a mais prejudica o desempenho do atleta, afinal, interfere até mesmo no equilíbrio do carro. Os pilotos geralmente aparentam ser magros, mas posso garantir que são extremamente fortes”, explica Alex.

Alex Azevedo/Arquivo pessoal
Os treinos são personalizados de acordo com a pista Imagem: Alex Azevedo/Arquivo pessoal
Um pouco de tudo
Para se preparar para o campeonato mais exigente fisicamente dos últimos anos, Massa fez um trabalho variado ao longo da pré-temporada, com a utilização de movimentos de luta, de corrida, de crossfit, bicicleta, treinamento funcional e musculação, em um esforço que valeu a pena: mesmo com 35 anos, o brasileiro não acusou nenhuma dor após os testes, nos quais chegou a completar 168 voltas em um único dia

Mas se engana quem pensa que a malhação para por aqui. Apesar do ritmo de viagens interferir nos treinos, a manutenção continua por todo o ano, com a intensidade variável de acordo com o GP. “Tanto para o GP da Austrália [que abre o campeonato, dia 26 de março] quanto para as demais corridas desta temporada 2017 faremos um ciclo de treinos específicos cardiovasculares para simular cada pista e respectivo número de voltas, tempo, clima e até número de curvas existentes”, revela Alex.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
UOL Esporte
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Esporte Ponto Final
UOL Esporte
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Topo