Fórmula 1

Ferrari acerta tática, e Vettel vence GP da Austrália; Massa é o sexto

Reuters
Hamilton perdeu tempo atrás de carros com pneus desgastados; Vettel aproveitou Imagem: Reuters

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Melbourne (Austrália)

26/03/2017 03h30

Uma jogada acertada da Ferrari na estratégia deu a Sebastian Vettel a vitória no GP de abertura da temporada da Fórmula 1 na Austrália. O time italiano retardou a parada do alemão depois que o pole position Lewis Hamilton trocou seus pneus, viu o inglês ficar preso atrás de Max Verstappen, que ainda não havia parado, e se aproveitou para vencer pela primeira vez em mais de um ano.

Mas a conquista ferrarista não foi só uma questão de tática: o time comprovou o ritmo forte demonstrado nos testes de pré-temporada e demonstrou que pode andar de igual para igual com a Mercedes, algo que não vinha acontecendo nas últimas temporadas. A Hamilton, coube a segunda colocação, tendo seu companheiro Valtteri Bottas em terceiro. Felipe Massa terminou na sexta colocação.

“Foi uma corrida incrível. A equipe trabalhou muito e não dormiu nesta semana”, celebrou Vettel.

Hamilton x Vettel

REUTERS/Jason Reed
Lewis Hamilton largou bem no GP da Austrália, mas perdeu a liderança depois da primeira parada nos boxes Imagem: REUTERS/Jason Reed

Lewis Hamilton largou na pole e manteve a primeira colocação logo após o sinal verde. Então líder da prova, Hamilton entrou nos boxes na 17ª volta. Ele voltou à pista atrás de Verstappen, Raikkonen e Vettel (que ainda não haviam parado). 

Com Hamilton indo cedo aos boxes (devido à desgaste dos pneus), a Ferrari decidiu aplicar a estratégia certeira: Vettel usou o pneu até o limite e parou sete voltas depois. 

Reuters
Imagem: Reuters

Preso no tráfego e atrás de rivais com pneus desgastados, Hamilton se queixou do tempo perdido e reclamou na volta 23: "Não consigo ultrapassar o Verstappen!"

Vettel fez o pit stop na volta 24, retornando na frente de Hamilton.

"Nós tivemos problemas com os pneus", lamentou Hamilton

Vettel assumiu a primeira posição e foi aumentando a vantagem sobre os demais. Ele abriu 9 segundos para Hamilton restando 20 voltas, administrando a vantagem até a bandeirada. 

Hamilton alcança marca

Na 11ª volta do GP de Melbourne, Hamilton se tornou o segundo piloto da história da F-1 a liderar por mais de 3 mil voltas. Antes dele, quem havia conseguido a proeza foi Michael Schumacher.

Massa ganha posição no início e mantém até o fim

AP Photo/Andy Brownbill
Imagem: AP Photo/Andy Brownbill

O brasileiro ganhou uma posição logo após a largada, pulando para 6º. Mas este era o máximo que o ritmo da Williams permitia e Massa não ameaçou as Ferraris e Mercedes e chegou a mais de 50s do quinto colocado Max Verstappen, da Red Bull.

“Estou feliz com o resultado, foi uma boa prova para mim, ultrapassando o Grosjean já na largada, o que era o mais importante para eu manter meu ritmo", disse ao UOL Esporte. "Eu sabia que os carros na minha frente eram mais rápidos do que eu. Depois, eu fiz a corrida sozinho do começo até o final. O tempo não passava. Fiquei feliz com o ritmo e com o resultado, mas sem dúvida foi uma corrida um pouco chata.”

Galvão corneta novato da Williams

Novato da Williams, o canadense Lance Stroll deixou a prova após errar o traçado. A falha incomodou o narrador da Rede Globo, Galvão Bueno, que criticou o fato de o piloto ter pago para guiar uma escuderia de peso.

“Eu sou absolutamente contra com quem põe um caminhão de dinheiro na equipe e ter um carro da importância e do nome da Williams. Um carro da vida de Frank Wiliams, carro de títulos espetaculares, inclusive com Nelson Piquet”, começou Galvão.

“Me incomoda chegar um garoto de 18 anos e despejar caminhão de dinheiro”, acrescentou o narrador.

A manobra: Sergio Perez x Carlos Sainz

F1/oficial
Carros de Sainz e Perez se tocaram durante GP da Austrália Imagem: F1/oficial

A expectativa de poucas ultrapassagens se confirmou, mas Sergio Perez não quis saber e foi para cima de Carlos Sainz na curva 5. E por fora.

Nada mal para quem ouviu por todo o final de semana que ninguém gostaria de ser ultrapassado por um carro cor-de-rosa.

O mexicano arriscou tanto que chegou a tocar a asa dianteira do carro de Sainz, mas fez a melhor manobra da prova.

Classificação final

1. Sebastian Vettel (ALE) Ferrari - Ferrari - 57 voltas 
2. Lewis Hamilton (GBR) Mercedes - Mercedes - a 9s975 
3. Valtteri Bottas (FIN) Mercedes - Mercedes - a 11s250 
4. Kimi Raikkonen (FIN) Ferrari - Ferrari - a 22s393 
5. Max Verstappen (HOL) Red Bull - a 28s827 
 

6. Felipe Massa (BRA) Williams - Mercedes - a 1min 17s644 
7. Sergio Perez (MEX) Force India-Mercedes - +1 volta
8. Carlos Sainz (ESP) Toro Rosso-Renault  -+1 volta 
9. Daniil Kvyat (RUS) Toro Rosso-Renault  -+1 volta
10. Esteban Ocon (FRA) Force India-Mercedes - +1 volta

11. Nico Hulkenberg (ALE) Renault - Renault - +1 volta 
12. Antonio Giovinazzi (ITA) Sauber - Ferrari- +2 voltas
13. Stoffel Vandoorne (BEL) McLaren-Honda- +2 voltas

Não completaram 

14. Fernando Alonso (ESP) McLaren-Honda - 53 voltas completadas
15. Kevin Magnussen (DIN) Haas-Ferrari - 49 voltas completadas 
16. Lance Stroll (CAN) Williams - Mercedes - 43 voltas completadas
17. Daniel Ricciardo (AUS) Red Bull - TAG - 28 voltas completadas 
18. Marcus Ericsson (SUE) Sauber - Ferrari - 23 voltas completadas 
19. Jolyon Palmer (GBR) Renault - Renault - 18 voltas completadas 
20. Romain Grosjean (FRA) Haas-Ferrari - 15 voltas completadas

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
AFP
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Redação
Topo