Topo

Fórmula 1

Neblina atrapalha e GP da China tem primeiro treino pouco representativo

Clive Mason/Getty Images
Imagem: Clive Mason/Getty Images

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Xangai (China)

07/04/2017 00h28

A primeira sessão de treinos livres para o GP da China foi seriamente comprometida pela neblina que tomou contou conta do circuito em Xangai na manhã desta sexta-feira. A sessão foi interrompida em duas oportunidades porque o helicóptero médico não poderia levantar voo mas, mesmo quando a pista estava liberada, os pilotos pouco andaram: quem deu mais voltas foi Kevin Magnussen, da Haas, com 8.

O dinamarquês também foi um dos pilotos que saíram da pista, que também estava úmida devido a uma garoa que cai em Xangai desde as primeiras horas da manhã. Mas quem levou a pior foi Nico Hulkenberg, da Renault, rodou na saída da curva um e ficou preso na caixa de brita, tendo de voltar a pé aos boxes.

As más condições climáticas causaram até o fechamento do aeroporto local e não há expectativa de melhora significativa até a segunda sessão de treinos livres, programada para as 14h locais, 3h, da madrugada de sexta-feira pelo horário de Brasília.

Única equipe que não participou dos testes de pré-temporada com pneus de chuva, a Williams foi uma das equipes que mais andou, tentando recuperar o tempo perdido. Felipe Massa deu 7 voltas e terminou com o segundo tempo, enquanto seu companheiro Lance Stroll - que bateu na pré-temporada, impedindo que o time participasse da sessão em que a pista foi molhada artificialmente na Espanha - foi o terceiro, também com sete voltas completadas. O mais rápido foi Max Verstappen, que mesmo dando apenas quatro voltas, foi mais de 1s5 mais rápido que o piloto brasileiro.

Os pilotos de Mercedes e Ferrari, que devem lutar pelas primeiras posições nesta que é a segunda etapa do campeonato, pouco andaram: Lewis Hamilton, Kimi Raikkonen e Sebastian Vettel, vencedor da primeira corrida, na Austrália, sequer completaram voltas cronometradas, enquanto Valtteri Bottas foi apenas o nono, com 4 voltas completadas.

Depois do segundo treino livre programado para esta sexta-feira em Xangai, o final de semana ainda terá mais uma sessão no sábado, às 12h locais, 1h pelo horário de Brasília. A classificação está marcada para as 4h da madrugada do sábado e a corrida começa às 3h do domingo.

Confira os tempos da primeira sessão de treinos livres na China
1 - Max Verstappen (HOL) - Red Bull - 1min50s491 (4 voltas)
2 - Felipe Massa (BRA) - Williams - 1min50s086 (7 voltas)
3 - Lance Stroll (CAN) Williams - 1min52s507 (7 voltas)
4 - Carlos Sainz (ESP) - Toro Rosso - 1min52s840 (5 voltas)
5 - Romain Grosjean (FRA) - Haas - 1min53s039 (6 voltas)
6 - Daniil Kvyat (RUS) Toro Rosso-Renault 1min53s314 (4 voltas)
7 - Fernando Alonso (ESP) McLaren-Honda 1min53s520 (5 voltas)
8 - Daniel Ricciardo (AUS) - Red Bull - 1min54s038 (7 voltas)
9 - Valtteri Bottas (FIN) - Mercedes - 1min54s664 (4 voltas)
10 - Kevin Magnussen (DIN) Haas - 1min55s104 (8 voltas)
11 - Nico Hulkenberg (ALE) - Renault - 1min55s608 (6 voltas)
12 - Stoffel Vandoorne (BEL) McLaren - 1min57s445 (4 voltas)
13 - Marcus Ericsson (SUE) Sauber - 2min15s138 (4 voltas)
14 - Antonio Giovinazzi (ITA)  Sauber - 2min15s281 (4 voltas)
15 - Jolyon Palmer (ING) Renault - Sem tempo (3 voltas)
16 - Sebastian Vettel (ALE) - Ferrari - Sem tempo (2 voltas)
17 - Kimi Raikkonen (FIN) - Ferrari - Sem tempo (1 volta)
18- Esteban Ocon (FRA) Force India - Sem tempo (2 voltas)
19 - Sergio Perez (MEX) - Force India - Sem tempo (3 voltas)
20 - Lewis Hamilton (ING) - Mercedes - Sem tempo (2 voltas)

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!