Fórmula 1

Bottas segura Vettel no final e vence a primeira na Fórmula 1; Massa é o 9º

Mark Thompson/Getty Images
Imagem: Mark Thompson/Getty Images

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Sochi (Rússia)

30/04/2017 10h34

Com uma ótima largada, Valtteri Bottas conquistou sua primeira vitória na Fórmula 1. No GP da Rússia deste domingo (30), o finlandês pulou à frente das Ferraris logo no início e caminhou para o triunfo. Líder do campeonato, Sebastian Vettel foi o segundo, com Kimi Raikkonen em terceiro.

O brasileiro Felipe Massa caminhava para terminar na sexta colocação. Um pneu furado na volta 43, no entanto, o obrigou a uma nova parada. O piloto da Williams completou a prova na nona colocação.

Em um GP muito abaixo do esperado, Lewis Hamilton terminou apenas na quarta colocação e viu a vantagem de Sebastian Vettel na liderança do Mundial aumentar. Agora, o alemão soma 86 pontos, com o britânico com 73.

A próxima corrida do Mundial de Fórmula 1 está marcada para 14 de maio, em Barcelona, na Espanha.

Bottas segura a Ferrari e brilha

AFP PHOTO / Alexander NEMENOV
Imagem: AFP PHOTO / Alexander NEMENOV

Depois do feito de conseguir largar à frente de Lewis Hamilton, Valtteri Bottas brilhou logo no início da prova. Na largada, o finlandês passou as duas Ferraris e assumiu a ponta da prova. A partir daí, conseguiu manter o forte ritmo até o momento de sua parada, na volta 28, quando Sebastian Vettel começou a tirar a diferença.

O finlandês, porém, conseguiu segurar o ritmo da Ferrari e caminhar para sua primeira vitória na categoria. A tensão era tanta que durante a perseguição de Vettel, Bottas chegou a pedir para a equipe que conversasse o menos possível no rádio.

A perseguição de Vettel durou até a última volta. Nela, Bottas esperou o tempo certo para ultrapassar Felipe Massa e deixar o brasileiro entre ele e a Ferrari do Alemão. A estratégia foi a suficiente para impossibilitar qualquer chance de Vettel. O alemão, inclusive, chegou a mostrar o dedo do meio para o brasileiro ao ultrapassá-lo.

Pneu furado atrapalha Felipe Massa

REUTERS/Maxim Shemetov
Imagem: REUTERS/Maxim Shemetov

Largando em sexto, Felipe Massa tinha expectativa de fazer frente à Red Bull. O brasileiro, porém, acabou ficando muito distante de Max Verstappen – Daniel Ricciardo abandonou na volta 5. Com isso, coube ao piloto da Williams se preocupar com as Force India.

Depois de conseguir manter o sexto posto na largada, Massa controlava a diferença para as Force India, mesmo tendo parado nos boxes muito antes que seus concorrentes. A corrida do brasileiro, no entanto, ficou prejudicada quando foi obrigado a parar mais uma vez nos boxes, na volta 43, por causa de um pneu furado. Com isso, a nona colocação foi o que restou a Massa.

Galvão cita Bottas para defender Massa

A boa largada e atuação de Valtteri Bottas no GP da Rússia serviram para Galvão Bueno mandar um recado aos críticos de Felipe Massa. Durante as primeiras voltas, o narrador usou o tempo para valorizar o desempenho do brasileiro quando tinha o finlandês como seu companheiro de equipe.

“O Bottas mostrando o que é serve muito aos detratores do Felipe Massa. Principalmente aqueles que às vezes nas redes sociais – temos, infelizmente, um certo número daqueles que não tem educação e nem ali deveriam estar. Acho muito bom que esteja acontecendo isso, porque foram dois anos que eles estiveram ali, juntos, de igual para igual, dividindo posições, pontos, levando a Williams à terceira colocação”, iniciou Galvão.

“Aos detratores de plantão do Felipe Massa, lembrem-se dos últimos anos o que aconteceu com o Massa e o que já está fazendo o Valtteri Bottas, que é bom demais”, completou.

Alonso nem consegue largar

Reprodução/Fórmula 1
Imagem: Reprodução/Fórmula 1

O inferno astral de Fernando Alonso continua. Classificado em 15º, o espanhol nem sequer conseguiu largar na Rússia. Durante a volta de apresentação, a McLaren voltou a apresentar problemas e o carro deixou o piloto na mão perto da entrada dos boxes.

Temperatura vira um problema

A temperatura do autódromo de Sochi se mostrou um problema para os pilotos. A primeira vítima foi Daniel Ricciardo: o australiano abandonou a corrida logo na quinta volta, por causa de superaquecimento dos freios.

No pelotão da frente, quem mais parecia ter problemas era Lewis Hamilton. Na volta 15, o britânico chegou a virar um segundo mais lento que os principais adversários. No rádio, questionava a todo instante a Mercedes sobre o superaquecimento. Apenas a partir da volta 23 que Hamilton teve a informação da equipe de que as temperaturas estavam abaixando.

Acidente já na primeira curva

REUTERS/Maxim Shemetov
Imagem: REUTERS/Maxim Shemetov

A corrida de Romain Grosjean e Jolyon Palmer durou apenas até a primeira curva. E o responsável pelo acidente foi o próprio francês. O piloto da Haas tentou colocar o carro de lado e tocou no carro do inglês. O toque fez com que a Renault virasse e acertasse em cheio o carro de Grosjean, levando os dois para o muro.

Confira a classificação final do GP da Rússia:

1 – Valtteri Bottas – Mercedes – 52 voltas
2 – Sebastian Vettel – Ferrari – a 0s617
3 – Kimi Raikkonen – Ferrari – a 11s
4 – Lewis Hamilton – Mercedes – a 36s320
5 – Max Verstappen – Red Bull – a 60s416
6 – Sergio Perez – Force India – a 86s788
7 – Esteban Ocon – Force India – a 95s004
8 – Nico Hulkenberg – Renault – a 96s188
9 – Felipe Massa – Williams – a 1 volta
10 – Carlos Sainz Jr. – Toro Rosso – a 1 volta
11 – Lance Stroll – Williams – a 1 volta
12 – Daniil Kvyat – Toro Rosso – a 1 volta
13 – Kevin Magnussen – Haas – a 1 volta
14 – Stoffel Vandoorne – McLaren – a 1 volta
15 – Marcus Ericsson – Sauber – a 1 volta
16 – Pascal Wehrlein – Sauber – a 2 voltas

Não completaram

Daniel Ricciardo – Red Bull – 5 voltas completadas
Romain Grosjean – Haas – 0 voltas completadas
Jolyon Palmer – Renault – 0 voltas completadas
Fernando Alonso – McLaren – Não largou

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
UOL Esporte - F-1
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
UOL Esporte
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
UOL Esporte vê TV
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Topo