Fórmula 1

Button não está levando a sério volta à F-1 no lugar de Alonso, diz Webber

Mark Thompson/Getty Images/AFP
Jenson Button caminho no paddock do GP dos EUA de Fórmula 1, em Austin, no Texas Imagem: Mark Thompson/Getty Images/AFP

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Londres (ING)

08/05/2017 07h11

Há pouco menos de três semanas para Fernando Alonso correr nas 500 Milhas de Indianápolis, pouco se fala sobre seu substituto no GP de Mônaco, Jenson Button. E, para o ex-piloto e comentarista Mark Webber, nada vai mudar nos próximos dias.

“Jenson é um campeão do mundo, já venceu em Mônaco. Seria uma boa história se ele pudesse vencer a corrida mas só com sorte ele consegue pontuar”, defendeu o australiano, que até arriscou prever o que vai acontecer com o campeão de 2009 no Principado.

“Não é uma notícia. Ele irá para a pista, terá problemas de pressão de combustível na primeira sessão de treinos livres, vai se classificar em 17º e abandonar na volta 12. Ninguém se importa.”

Webber defende que a decisão de colocar Button para correr foi tomada às pressas após o plano de levar Alonso para os Estados Unidos sair do papel.

“Fernando está comandando a equipe no momento. Ele está chefiando a McLaren. Ele disse ‘vou correr na Indy e vocês que se virem para encontrar alguém para o meu lugar’”.

O UOL Esporte entende que Button não tinha como negar a convocação da McLaren devido a seu contrato, que o coloca como terceiro piloto da equipe. Oficialmente, Button está passando um ano longe da Fórmula 1, mas o acordo foi feito para a McLaren ter mais opções ao final do ano, quando Alonso estará liberado.

Button teve a chance de se familiarizar com o carro deste ano da McLaren em dois dias de testes realizados há pouco menos de um mês, mas declinou a oportunidade justificando que se tratava de um circuito muito diferente de Mônaco mas, para Webber, isso só mostra o quanto o próprio piloto, que tem vivido na Califórnia nos últimos meses e está completamente afastado do mundo da F-1, não está empolgado com seu retorno.

“Acho que vimos como Jenson nem testou no Bahrein”, lembrou Webber. “Ele não está levando isso tão a sério. Isso é um ‘quero ficar nos Estados Unidos e fazer meus triathlons. Nem me importo em fazer o teste do Bahrein’ e isso foi uma surpresa para mim. Não acho que ele está muito interessado.”

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Topo