Esporte

Fernando Alonso é o 7º mais rápido e disputará a pole em Indianápolis

Do UOL, em São Paulo

20/05/2017 18h11

Piloto da Fórmula 1, Fernando Alonso foi o 7º mais rápido no treino classificatório das 500 milhas de Indianápolis, neste sábado (20h), nos Estados Unidos, e disputará a pole position no domingo. O espanhol teve velocidade média de 230.034 mph (milhas por hora) nas quatro voltas que correu - foi mais rápido, por exemplo, do que os brasileiros Tony Kanaan e Hélio Castroneves e do que o colombiano Juan Pablo Montoya. 

Alonso assegurou vaga no grupo dos nove mais rápidos - e, nesta fase, isso é o que importa. No domingo, a partir das 18h (se não houver atraso), estes nove pilotos disputarão a 1ª colocação no grid de largada. Os outros 25, no mesmo dia, a partir das 15h45, brigarão pelas posições restantes, entre a 10ª e a 33ª.

Depois de definidas as posições, os pilotos só voltarão oficialmente à pista no dia da corrida, agendada para o domingo que vem (28 de maio).

Os 9 que disputarão a pole position

  1. Ed Carpenter (230.468 mph)
  2. Takuma Sato (230.382)
  3. Scott Dixon (230.333)
  4. JR Hildebrand (230.205)
  5. Alexander Rossi (230.148)
  6. Will Power (230.072)
  7. Fernando Alonso (230.034)
  8. Tony Kanaan (230.007)
  9. Marco Andretti (229.924)

"Foi rápido e intenso", definiu Alonso, logo depois de correr. "Temos apenas uma chance, uma oportunidade. Não fiquei totalmente feliz. O carro não estava perfeito. Todo dia mudamos alguma coisa. Primeira vez que estou aqui [na Indy] por duas semanas. São só quatro curvas, mas parece que todo dia elas mudam. Estamos sempre improvisando as situações, porque tudo é novo. A equipe me incentiva muito. O potencial é grande, mas podemos fazer melhor", prosseguiu. 

A etapa classificatória estava marcada para as 14h (de Brasília), mas a forte chuva que castiga a cidade de Indianápolis desde sexta-feira postergou o início do treino. A tempestade deu sossego antes do previsto, a pista secou e enfim os carros começaram a correr por volta das 17h. 

Tony Kanaan, brasileiro, a exemplo de Alonso, assegurou vaga entre os nove que disputarão a pole. Seu compatriota, Hélio Castroneves (14º, 229.390 mph), o Helinho, ficou de fora do grupo dos melhores. O treino teve um acidente feio, com o francês Sébastien Bourdais, que foi levado de helicóptero a hospital da região.  

Ser pole position em Indianápolis, uma corrida de 500 milhas - e, portanto, bastante longa -, não é lá tão importante esportivamente, mas tem vantagem financeira: o dono do primeiro lugar no grid fatura 100 mil dólares. O posto também assegura ao piloto 42 pontos no campeonato. Alonso não disputa o torneio e não tem essa preocupação.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo