Topo

Fórmula 1

Quem será o melhor em Mônaco? Confira 5 motivos para não perder o GP

Lars Baron/Getty Images
Sebastian Vettel cumprimenta Lewis Hamilton após o GP da China Imagem: Lars Baron/Getty Images

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Londres (ING)

22/05/2017 05h43

O campeonato da Fórmula 1 pode sair da próxima etapa, em Mônaco, neste final de semana, com um novo líder. Mas, pelo menos em teoria, é a Ferrari de Sebastian Vettel, que tem seis pontos de vantagem para Lewis Hamilton na tabela, que tem um carro que casa melhor com o circuito de Monte Carlo. E é nesse clima de indefinição que a categoria vai para a sexta etapa do campeonato.

Mercedes ou Ferrari? Se estivéssemos no começo do ano, Lewis Hamilton provavelmente já teria jogado a toalha em relação à disputa com Sebastian Vettel em Mônaco. Afinal, o carro mais curto da Ferrari ajudaria o alemão em um circuito travado com o o de Monte Carlo. Porém, recentemente a Mercedes diminuiu a distância entre eixos e os resultados já começaram a aparecer com um grande performance no também travado último setor em Barcelona. Agora é difícil

Volta de Button: Com Fernando Alonso roubando um pouco os holofotes do outro lado do mundo, disputando as 500 Milhas de Indianápolis apenas algumas horas após o GP de Mônaco, a McLaren terá de volta Jenson Button. O inglês, que passou os últimos meses treinando para triathlons nos EUA, terá sua primeira experiência a bordo do carro deste ano nos treinos livres, em uma pista na qual a McLaren deve ter sua melhor corrida do ano.

Carros tirando fina. De verdade: o novo regulamento deixou os carros da Fórmula 1 20cm mais largos e isso vai fazer diferença no apertado circuito de Mônaco. Além disso, as máquinas estão mais ágeis devido à maior aderência mecânica vinda dos pneus Pirelli também mais largos e duráveis. Com isso, os tempos devem baixar, e as chances de erro, aumentarão.

Ricciardo com sede de revanche: O australiano dominou a classificação e a corrida do ano passado, em grande performance. Mas um erro durante o pit stop da Red Bull, que não o esperava com os pneus corretos, lhe custou a vitória. Em 2017, Ricciardo reconhece que seu carro não está tão forte, mas promete se vingar da decepção do ano passado.

Stroll vai aprontar alguma? Até o próprio Felipe Massa já avisou que espera que o companheiro tenha mais dificuldades em Mônaco, devido à natureza do circuito, do que nas cinco etapas disputadas até aqui, nas quais o novato não marcou um ponto sequer. Além de não estar conseguindo andar no ritmo do brasileiro, o piloto de 18 anos tem uma tocada errática e, desta vez, os muros estarão mais próximos.

Confira os horários do GP de Mônaco (horário de Brasília)
Quinta-feira, 25 de Maio
Treino Livre 1   5h – 6h30
Treino Livre 2   9h – 10h30

Sábado, 27 de Maio
Treino Livre 3   6h – 7h
Classificação – 9h – 10h

 

Domingo, 28 de Maio
Corrida – 9h

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!