Topo

Fórmula 1

Lembrado por 30 anos de 1ª vitória, Senna pode ser igualado por Hamilton

Simon Bruty/Allsport
Senna bateu as fortes Williams de Nelson Piquet e Nigel Mansell rumo à primeira das seis vitórias no GP de Mônaco, ainda com a Lotus-Honda, em 1987 Imagem: Simon Bruty/Allsport

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Londres (ING)

23/05/2017 04h00

A relação especial de Ayrton Senna com as ruas de Mônaco promete ser lembrada em várias ocasiões durante este final de semana na sexta etapa do campeonato. O brasileiro receberá uma série de homenagens devido às comemorações dos 30 anos da primeira de suas seis vitórias no Principado. E também poderá ter o número de pole positions igualado por Lewis Hamilton.

Mesmo antes de sentar em sua Mercedes para buscar a 65ª pole da carreira, Hamilton já avisou que não se sente igualando o piloto, que sempre foi seu ídolo.  “A classificação e pole position são experiências incríveis e quando penso em quantas poles o Ayrton fez… ele foi fenomenal, conseguiu um número enorme de poles em muito menos corridas. Então, para mim, estar perto deste número é surreal”, afirmou o inglês.

De fato, Hamilton tem a primeira chance de igualar as 65 poles, que já foram consideradas o recorde mais impressionante da F-1, em sua 194ª corrida na categoria. Senna fez sua última pole, justamente na corrida que o vitimou, no GP de San Marino, na sua 161ª prova. Até hoje, o recorde só foi batido por Michael Schumacher e foi o último alcançado pelo alemão, que o fez apenas no ano de sua primeira aposentadoria, em 2006, pela Ferrari. No total, o heptacampeão fez 68 poles.

Mesmo se Hamilton não igualar o número do tricampeão, o nome de Senna será bastante lembrado durante o final de semana pelo aniversário da primeira vitória, conquistada ainda nos tempos de Lotus, em 1987. Na ocasião, o brasileiro largou em segundo e viu o líder Nigel Mansell abandonar por problemas no câmbio de sua Williams. Senna, então, herdou a primeira colocação e venceu com 33s de vantagem para o segundo colocado, Nelson Piquet

As homenagens começam nesta quarta-feira, com a inauguração de uma estátua do piloto no Hotel Fairmont, que dá nome à curva mais famosa do circuito. No próprio hotel, será aberto um quarto personalizado com relíquias da carreira de Senna, incluindo o capacete original da Lotus e o volante da Lotus 99T.

Haverá ainda exposições com itens relacionados ao piloto no Iate Clube de Mônaco e no Paddock Club, local onde se reúnem os VIPs que acompanham a corrida. O pintor Armin Flossdorf também irá homenagear o tricampeão fazendo seis pinturas ao vivo, uma para cada vitória do brasileiro em Mônaco.

Já a marca oficial do piloto, que marca presença em várias etapas da temporada com estande próprio, lançará uma nova coleção com itens alusivos à temporada de 1987.

Confira os horários do GP de Mônaco (horário de Brasília)
Quinta-feira, 25 de Maio
Treino Livre 1   5h – 6h30
Treino Livre 2   9h – 10h30
Sábado, 27 de Maio
Treino Livre 3   6h – 7h
Classificação – 9h – 10h
Domingo, 28 de Maio
Corrida – 9h

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!