Fórmula 1

Alonso aproveita liberdade da Indy para promover projeto 'californiano'

Reprodução/Instagram
Fernando Alonso no paddock das 500 Milhas de Indianápolis Imagem: Reprodução/Instagram

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Mônaco

25/05/2017 06h51

Quem acompanhou as mídias sociais de Fernando Alonso durante sua preparação para as 500 Milhas de Indianápolis não pôde deixar de notar: todos os vídeos que mostravam o dia a dia do piloto não eram publicados em suas próprias páginas e, sim, em nome de Kimoa. Nenhuma coincidência claro: trata-se de uma marca de roupas de acessórios que o piloto está lançando.

O projeto começou a tomar forma no final do ano passado, quando o piloto passou um bom tempo entre as corridas na Califórnia, nos Estados Unidos, reunindo-se com parceiros. A ideia era fazer uma marca relacionada ao estilo de vida californiano e sem nenhuma ligação óbvia com o piloto. Nos últimos meses, porém, com o início da comercialização dos produtos, Alonso vem usando fortemente sua própria imagem para promover a marca.

Isso inclui, por exemplo, os sempre exaustivamente fotografados passeios que o piloto deu pelo Brickyard em cima de seu skate - Kimoa, é claro. Óculos com caixas autografadas também fizeram parte do “kit Indianápolis” de divulgação, assim como os vídeos diários mostrando sua preparação para estrear nas 500 Milhas, nos quais o espanhol sempre aparece usando os bonés e roupas da marca, algo que não seria possível na Fórmula 1 devido a seu contrato com a McLaren.

Alonso contou que a ideia surgiu há 18 meses. “Alguns amigos e investidores queríamos criar algo juntos. Pensamos em um restaurante, um bar na praia em Barcelona ou em outros lugares perto da praia. Mas então pensamos que podíamos fazer algo novo, uma marca de roupas que case com nosso estilo de vida”.

O nome da marca vem do idioma do Havaí e se remete a pessoas que gostam de ver o pôr-do-sol juntas. “Acho que é uma história legal de muitos anos viajando, descobrindo coisas e colocando tudo isso em uma marca, com os valores, e a mensagem com um estilo de vida que combina com meus desejos”, explicou o piloto.

“Venho do norte da Espanha [Oviedo, nas Astúrias, perto da fronteira com Portugal], perto do mar, então me acostumei a ir toda manhã para a praia, no Atlântico, com grandes ondas. E quando me mudei para a Suíça [em 2007] era disso que eu mais sentia falta. Não consigo imaginar minha vida sem o mar”, disse Alonso, que atualmente mora em Dubai.

Não é a primeira vez que Alonso se aventura no mercado da moda. Em 2008, ele criou a marca Faster, que inclusive patrocinou emissoras de TV espanholas, que tinham o logo em sua roupa oficial usada nas corridas. O projeto acabou, contudo, em grande parte pelas restrições apresentadas pela Ferrari, equipe a qual Alonso defendeu entre 2010 e 2014.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Grande Prêmio
Grande Prêmio
UOL Esporte vê TV
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Topo