Fórmula 1

Conheça a primeira mulher que enfrentará Alonso desde sua estreia na F-1

Michael Conroy/AP
Pippa Mann assina autógrafo para fã durante treino para as 500 Milhas Imagem: Michael Conroy/AP

Do UOL, em São Paulo

26/05/2017 15h04

Pela primeira vez desde 4/3/2001, data de sua estreia na Fórmula 1, Fernando Alonso não terá somente homens como adversários na briga pela bandeira quadriculada. Neste domingo (28), nas 500 Milhas de Indianápolis, o piloto espanhol terá como uma de suas adversárias Pippa Mann, britânica de 33 anos de idade e cinco temporadas de experiência na IndyCar.

A carreira de Mann começou com pioneirismo na Fórmula Renault, categoria em que competiu entre 2003 e 2008. Por lá, a britânica se tornou a primeira mulher a conquistar pontos e a largar da pole position em corridas do campeonato.

A mudança para os circuitos americanos veio em 2009, quando Mann foi disputar a Indy Lights, espécie de divisão de acesso para a IndyCar. Na categoria, se tornou a primeira mulher a largar da pole e terminou a temporada 2010 na quinta colocação, sendo eleita pelo público a piloto mais popular do campeonato.

A estreia na IndyCar veio em 2011, ano em que Mann correu as 500 Milhas pela primeira vez. Ao alinhar no grid, a britânica se tornou a décima mulher a participar da competição.

Antes de Mann, as americanas Janet Guthrie, Amber Furst, Lyn St. James, Sarah Fisher e Danica Patrick, a sul-africana Desiré Wilson, a venezuelana Mikla Duno, a suíça Simona de Silvestro e a brasileira Bia Figueiredo haviam disputado as 500 Milhas. No ano passado, a também britânica Katherine Legge se tornou a 11ª primeira mulher a correr a prova.

Foi também na IndyCar que Mann sofreu o maior susto da sua carreira. Logo na temporada de estreia, a piloto se envolveu em uma batida com mais 14 carros e sofreu queimaduras graves no mindinho da mão direita, tendo de ser levada de ambulância para o hospital. Uma cirurgia foi necessária para reparar as lesões sofridas.

A melhor participação de Mann nas 500 Milhas veio no ano passado, quando a britânica chegou a aparecer na oitava colocação da prova. A piloto terminou em 18º, ganhando sete posições em relação à sua posição na largada.

Única mulher no grid de largada para as 500 Milhas deste ano, Mann dirige um carro rosa. Mas a escolha da cor não tem a ver com seu gênero, e sim pelo ativismo na campanha contra o câncer de mama que fez a britânica ser premiada no ano passado.

Mesmo fora das pistas, Mann não abandona o mundo da velocidade. A britânica é técnica e instrutora de desempenho para pilotos e dona de uma equipe de kart apenas para mulheres chamada Team Empower.

Em sua primeira participação nas 500 Milhas, Alonso pode fazer história em Indianápolis. Entre seus adversários pela meta, terá de enfrentar Mann, alguém que já o fez.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Topo