Topo

Fórmula 1

Seis anos após acidente, Kubica testará carro de Fórmula 1 de 2012

Jim Watson/AFP Photo
Polonês vai à pista com uma Lotus E20, utilizada por Kimi Raikkonen e Romain Grosjean em 2012 Imagem: Jim Watson/AFP Photo

Do UOL, em São Paulo

05/06/2017 16h51

Robert Kubica não pilota um carro de Fórmula 1 desde fevereiro de 2011, quando participou de testes com a Renault em Valência (Espanha). No entanto, o polonês pode estar novamente perto da categoria, graças a um teste que fará.

A informação foi divulgada nesta segunda-feira por sites especializados. Nenhum deles divulgou quem será o responsável por organizar o teste do polonês, ex-piloto de BMW-Sauber e Renault na categoria máxima do automobilismo mundial. Cogita-se, porém, que o convite partiu da própria Renault.

O teste deverá ocorrer nesta terça-feira, também no Circuito Ricardo Tormo, em Valência. Kubica deverá pilotar um Lotus E20, utilizado por Kimi Raikkonen e Romain Grosjean em 2012. Na temporada, o carro conquistou dez pódios em 20 corridas, sendo uma vitória - Raikkonen, em Abu Dhabi.

Não será o primeiro teste de Robert Kubica em monopostos ao longo desde ano. Em abril, o polonês testou um carro da GP3 na Itália; no mês seguinte, experimentou um carro da Fórmula E.

O polonês está afastado da F1 desde o começo de 2011, quando sofreu um acidente durante uma prova de rali. Desde 2013, entretanto, tem participado de provas offroad.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!