Topo

Fórmula 1

Depois de seis anos, Robert Kubica volta a pilotar um carro de F1

@RenaultSportF1/Twitter
Polonês não pilotava um carro de Fórmula 1 desde o começo de 2011 Imagem: @RenaultSportF1/Twitter

Do UOL, em São Paulo

06/06/2017 16h57

O piloto polonês Robert Kubica voltou a pilotar um carro de Fórmula 1. Nesta terça-feira, seis anos após deixar a categoria, Kubica participou de um teste particular da Renault.

Ao longo da sessão, realizada em Valência (Espanha), o polonês pilotou um modelo E20 utilizado pela Lotus em 2012. O carro, porém, ganhou as cores utilizadas pela própria Renault em 2017.

A notícia do teste foi divulgada pela imprensa europeia na véspera, com poucos detalhes. Nas redes sociais, a Renault – que não divulgou tempos das voltas do ex-piloto da própria equipe.

Nas redes sociais, a Renault justificou o sigilo a respeito do teste. “Precisamos esclarecer uma coisa. É verdade: é realmente Robert Kubica. De volta em um de nossos carros depois de seis anos”, diz a equipe em sua conta no Twitter. “Então, por que mantivemos tudo quieto? Foi um teste particular, para Robert. Mas podemos dizer o seguinte: Robert reclamou de aderência, falta de dirigibilidade, arrasto e tinha o maior sorriso depois de suas 115 voltas”, completou.

@RenaultSportF1/Twitter
Renault não divulgou tempos dos testes particulares do polonês em Valência Imagem: @RenaultSportF1/Twitter

O teste, no entanto, não foi o primeiro de Robert Kubica em monopostos ao longo desde ano. Em abril, o polonês testou um carro da GP3 na Itália; no mês seguinte, experimentou um carro da Fórmula E.

O polonês está afastado da F1 desde fevereiro de 2011, quando – então titular da própria Renault - sofreu um acidente durante uma prova de rali. Desde 2013, entretanto, tem participado de provas offroad.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!