Fórmula 1

Com direito a recorde, Hamilton chega à sexta pole no Canadá e iguala Senna

Graham Hughes/AP
Hamilton no Grande Prêmio do Canadá Imagem: Graham Hughes/AP

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Montreal

10/06/2017 15h01

Lewis Hamilton largará em primeiro lugar no Grande Prêmio do Canadá. Após o treino classificatório realizado na tarde deste sábado, o britânico bateu o recorde da pista, com 1min11s459. O recorde da pista era 1min12s275, feito por Ralf Schumacher, de 2004. O brasileiro Felipe Massa largará na sétima posição do grid.

Com o resultado, chegou ao mesmo número de poles position conquistadas por Ayrton Senna: 65 primeis lugares. O britânico ganhou um capacete especial do Instituto Ayrton Senna e levantou o presente como se fosse um troféu.

"Estou tremendo, sem palavras. Ele é meu piloto favorito. É uma honra igualar ele", falou o britânico, emocionado.

Reprodução Twitter
Imagem: Reprodução Twitter

"Estou muito feliz, obrigado a todos. Eu não consigo acreditar, a Ferrari veio muito forte, mas eu queria fazer uma volta ótima. Ainda não acredito na volta tão boa", disse Hamilton.

O brasileiro Felipe Massa ficou com a sétima posição no grid de largada, atrás de Daniel Ricciardo, da Red Bull. O piloto ficou feliz com o resultado.

“Estou super feliz. Melhor posição que poderia estar largando é essa. Todo mundo tentou o melhor. Consegui fazer uma excelente volta”.

Q1

A Mercedes começou o treino mostrando força, fazendo a dobradinha no Q1, depois de ter sido superada pela Ferrari tanto na sexta-feira, quanto no último treino livre antes da classificação, disputado na manhã de sábado em Montreal. Valtteri Bottas liderou a primeira parte do treino, com mais de três décimos de vantagem para a melhor Ferrari, de Sebastian Vettel. Felipe Massa teve um bom desempenho com a Williams e foi o quinto.

Seu companheiro e dono da casa, Lance Stroll, não teve o mesmo desempenho. O piloto tem sido lento por todo o final de semana, e vai largar apenas em 17º depois de ter sido atrapalhado por uma bandeira amarela causada por Pascal Wehrlein.

Com o cronômetro praticamente zerado, o piloto da Sauber pisou na terra na entrada da primeira curva, bateu e atrapalhou as voltas de vários pilotos. Assim, os eliminados na primeira parte da classificação foram Stoffel Vandoorne, da McLaren, Stroll, Kevin Magnussen, da Haas, e a dupla da Sauber, Werhlein e Ericsson.

Q2

A tendência da Mercedes mais rápida que a Ferrari continuou na segunda parte do treino, mas festa vez Raikkonen chegou perto do líder Hamilton, e ficou a 84 milésimos do inglês. Entre os dois, Bottas foi apenas 67 milésimos mais lento que o companheiro, prometendo uma briga apertada para a fase final da definição do grid.

Mais atrás, Massa voltou a se colocar diante de seus rivais diretos da Force India e Renault, em sétimo.

Quem não conseguiu passar do Q2 foi Fernando Alonso. Com um déficit de 10km/h nas longas retas de Montreal, o espanhol ficou com a 12ª colocação no grid, eliminado na segunda parte do treino junto de Daniil Kvyat, tocou o muro em sua última tentativa e vai largar em 11º com a Toro Rosso, Carlos Sainz, também da Toro Rosso, Romain Grosjean, da Haas, e Jolyon Palmer, da Renault.

Q3

Logo no início da última parte do treino classificatório, Lewis Hamilton tomou a linha de frente batendo o recorde da pista de Montreal. Em uma boa volta, Vettel quase tirou a liderança do piloto britânico, ficando em segundo lugar quatro milésimos atrás.

O britânico retornou à pista e bateu novamente um recorde. Vettel também retornou para tentar melhorar o tempo, mas ficou muito complicado.

Confira os tempos oficiais do treino classificatório

1) Lewis Hamilton (GBR/Mercedes), 1min11s459
2) Sebastian Vettel (ALE/Ferrari), 1min11s789
3) Valtteri Bottas (FIN/Mercedes), 1min12s177
4) Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), 1min12s252
5) Max Verstappen (HOL/Red Bull), 1min12s403
6) Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull), 1min12s557
7) Felipe Massa (BRA/Williams), 1min12s858
8) Sergio Perez (MEX/Force India), 1min13s018
9) Esteban Ocon (FRA/Force India), 1min13s135
10) Niko Hulkenberg (ALE/Renault), 1min13s271
11) Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso), 1min13s690
12) Fernando Alonso (ESP/McLaren), 1min13s693
13) Carlos Sainz Jr. (ESP/Toro Rosso), 1min13s756
14) Romain Grosjean (FRA/Haas), 1min13s839
15) Jolyon Palmer (GBR/Renault), 1min14s293
16) Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren), 1min14s282
17) Lance Stroll (CAN/Williams), 1min14s209
18) Kevin Magnussen (DIN/Haas), 1min14s318
19) Marcus Ericsson (SUE/Sauber), 1min14s495
20) Pascal Wehrlein (ALE/Sauber), 1min14s810

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
AFP
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Topo