Fórmula 1

Inocentado, Hamilton ataca Vettel: "Se quer provar que é homem, saia do carro"

AP/Efrem Lukatsky
Imagem: AP/Efrem Lukatsky

Do UOL, em São Paulo

25/06/2017 17h01

O Grande Prêmio do Azerbaijão foi vencido por Daniel Ricciardo neste domingo, mas o lance mais decisivo da corrida aconteceu na volta de número 20. A entrada do terceiro safety car da prova contou com dois toques de Vettel no carro de Hamilton – o primeiro aparentemente acidental, o segundo bastante intencional. Os pilotos trocaram palavras ásperas após a etapa em Baku.

“Nós estamos correndo entre homens”, disparou o alemão. A resposta do inglês não demorou: “se ele quer provar que é homem, que saia do carro e faça cara a cara”. O primeiro toque de Vettel na traseira da Mercedes de Hamilton pareceu acidental, mas o piloto da Ferrari acelerou na sequência e provocou um choque claramente proposital e digno de briga de trânsito.

Uma vez que o carro de segurança iria para os boxes naquela volta, Hamilton ditava o ritmo naquele momento e optou por sair lento da curva 15. O inglês questiona a punição de stop and go de 10 segundos aplicada a Vettel, além de três pontos somados à sua superlicença. “Ele deliberadamente jogou o carro contra o meu e saiu praticamente impune. Mesmo com a punição de tempo, ainda chegou em quarto. Eu acho que é uma desgraça. Ele se desgraçou hoje, para ser honesto”, desabafou.

Vettel reclamou ao UOL Esporte. “Ele decidiu deixar o Safety Car aumentar a distância, e não é a primeira vez que faz isso. O problema é: se o cara que está em segundo tem dificuldade, imagina quem está atrás. Não é assim que se faz, e eu não sei porque fui punido e ele não”, afirmou, alegando que o adversário lhe impôs o que chamam de "break test" (freio brusco e proposital para atrapalhar quem vem por trás).

A investigação inicial da FIA, no entanto, indicou que Hamilton não freou ou tirou o pé do acelerador. O piloto já havia se comportado da mesma maneira nas outras vezes em que o carro de segurança esteve na pista. “É coisa que se vê em kart, não em um tetracampeão do mundo”, reclamou o inglês. O rádio de Vettel no momento do primeiro toque mostrou a irritação do alemão. “Ele freou de propósito na minha frente. Que m... está acontecendo?”, gritou no microfone em contato com o time da Ferrari.

Hamilton nega ter tentado prejudicar o rival. “Ele estava obviamente dormindo”, rebateu. Perguntado pelo UOL Esporte sobre o lance, o vencedor da prova, Daniel Ricciardo, também apoiou o piloto da Mercedes. “Lewis tem o direito de controlar o ritmo porque ele estava liderando a corrida”, disse, brevemente, o australiano.

“Dirigir perigosamente é algo que pode colocar qualquer outro piloto em risco. Por sorte, nós estávamos em baixa velocidade naquele momento, mas se estivéssemos rápidos tudo poderia ter sido muito pior. Imagine todas as crianças que assistiram a Fórmula 1 hoje e viram esse tipo de comportamento de um piloto quatro vezes campeão do mundo. Isso diz tudo o que penso”, pontuou Hamilton.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
UOL Esporte
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Topo