Topo

Fórmula 1

Alonso do bicampeonato perderia para Alonso de hoje? Espanhol acha que sim

Clive Rose/Getty Images
Fernando Alonso comemora primeiro título, no GP do Brasil de 2005 Imagem: Clive Rose/Getty Images

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Londres (ING)

03/07/2017 05h45

Imagine uma competição frente a frente do Fernando Alonso bicampeão do mundo em 2005 e 2006 e o Fernando Alonso de agora? O espanhol, que completa 36 anos neste mês, fez sua aposta: acredita que nunca pilotou tão bem como agora.

“Acho que eu nunca tive um início de temporada em que me senti tão competitivo e conseguindo uma diferença tão grande em relação a meu companheiro - e ele venceu em todas as demais categorias, em que os carros eram iguais, então ele é uma referência muito boa”, afirmou o piloto da McLaren, que marcou seus dois primeiros pontos apenas na última etapa, no Azerbaijão. No duelo com o companheiro Stoffel Vandoorne, porém, ele ainda não perdeu em classificações em 2017, e tem sido em média quase oito décimos mais rápido.

“Estou no meu melhor momento e isso mantém minha motivação e minha fome por sucesso, mesmo que os resultados não mostrem.”

É por isso que Alonso acredita que venceria um duelo imaginário com o piloto que era na época do bicampeonato. O espanhol avalia que teria a mesma velocidade, mas erraria menos e seria mais eficiente em vários aspectos.

“Se eu corresse contra quem eu era a 10 ou 15 anos, provavelmente eu seria tão rápido quanto hoje, mas a versão mais jovem iria cometer mais erros, pilotar mais forte do que deveria em alguns momentos. Agora, eu sei o momento de forçar ou de ser mais conservador, sabe o quão preciso tem que ser nos pit stops, economizar combustível, qual a melhor preparação para a classificação, para o pneu, nas largadas. Você aprende muitas coisas e vai se tornando um piloto melhor. Estou mais bem preparado agora”, garantiu o bicampeão.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!