Topo

Fórmula 1

De clima quente na pista a chuva: por que não perder o GP da Áustria

ANDREJ ISAKOVIC/AFP
GP da Áustria de 2016 foi decidido na última volta, com batida entre o vencedor Hamilton e Rosberg Imagem: ANDREJ ISAKOVIC/AFP

Julianne Cerasoli

De Londres (ING)

04/07/2017 04h45

Depois de muita polêmica causada pelas colisões entre os rivais na luta pelo título, Sebastian Vettel e Lewis Hamilton, no Azerbaijão, a Fórmula 1 volta às pistas neste final de semana para a nona etapa da temporada, no GP da Áustria. E, após os ânimos terem se aflorado em Baku, a disputa entre os dois está mais quente do que nunca, ainda mais depois que a FIA decidiu arquivar o caso.

5 motivos para não perder o GP da Áustria

1. Pressão muda de lado: Há pouco mais de um mês, era Lewis Hamilton quem se via sob pressão pelas boas performances seguidas de Vettel, mas o jogo virou no último mês depois da vitória de Hamilton no Canadá e do forte ritmo demonstrado em Baku, que acabou não virando vitória por uma falha da equipe em encaixar uma peça após a bandeira vermelha. A forte reação de Vettel à conduta do rival durante o SC, que acabou gerando toda a polêmica que tomou conta do noticiário nos últimos dias, indicou que o alemão está sentindo o golpe.

2. Previsão de chuva: o GP da Áustria deve ter calor e umidade, com a previsão de um sábado chuvoso na região de Spielberg, onde está localizado o Red Bull Ring. A única sessão oficial com água disputada até aqui foi a corrida na China, logo em seu início. Na ocasião, as quedas bruscas de temperatura dos pneus pegaram muitos pilotos e equipes de surpresa.

3. Mais briga na Force India? Os companheiros Sergio Perez e Esteban Ocon se estranharam pelo segundo GP seguido, o que acabou fazendo com que o time perdesse pontos importantes em Baku - e até a chance da primeira vitória. E o clima promete continuar quente na Áustria.

4. Hora da verdade para a Honda: os japoneses levaram seu novo motor para o Azerbaijão, onde Fernando Alonso testou o chamado ‘spec 3’ nos treinos livres, demonstrando certa evolução. Mas a primeira prova de verdade será no GP da Áustria, escolhido justamente por ser um circuito em que o motor faz muita diferença.

5. Qual é a de Stroll? O companheiro de Felipe Massa na Williams teve um início de campeonato muito ruim, mas se recuperou nas últimas provas, pontuando pela primeira vez no GP do Canadá e se tornando o mais jovem a subir no pódio na história com o terceiro lugar em Baku, depois de ter superado Massa na classificação. É o começo da virada para o piloto de 18 anos?

Confira os horários do GP da Áustria
Sexta-feira, 7 de Julho
Treino Livre 1   05:00 – 06:30
Treino Livre 2   09:00 – 10:30
Sábado, 8 de Julho
Treino Livre 3   06:00 – 07:00
Classificação – 09:00 – 10:00
Domingo, 9 de Julho
Corrida – 09:00

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!