Fórmula 1

Hamilton se diz orgulhoso em lutar contra o racismo no automobilismo

Xinhua/Hoch Zwei/ZUMAPRESS
Imagem: Xinhua/Hoch Zwei/ZUMAPRESS

Do UOL, em São Paulo

20/07/2017 17h15

Primeiro negro campeão mundial de Fórmula 1, Lewis Hamilton se disse orgulhoso em lutar contra o racismo no automobilismo. Durante uma entrevista descontraída com a tenista Serena Williams para a revista “Interview”, o piloto da Mercedes afirmou que desde a época do kart se incomodava com o fato de não haver negros nas principais categorias.

“Quando eu corria de kart, não tinha ninguém que se parecesse comigo, nem um pouquinho, o que me ajudou a ver que era uma causa que eu podia trabalhar em cima. E agora sou visto por crianças pelo eu faço. Me orgulho muito em fazer parte disso”, afirmou.

Hamilton chegou à Fórmula 1 em 2007 e logo foi vice-campeão mundial pela McLaren. Aos 32 anos, o inglês coleciona três títulos da principal categoria do automobilismo: 2008, 2014 e 2015.

Durante a entrevista, Hamilton também falou sobre o incômodo com as derrotas e afirmou que as pessoas esperam que ele falhe.

Confira os principais trechos:

SERENA WILLIAMS: Você se lembra como se sentiu na primeira vez que venceu uma corrida como piloto profissional?

LEWIS HAMILTON: Sim, foi em Montreal (Canadá), em 2007. Eu me lembro de estar no pódio, olhar para baixo e ver meu pai sorrindo de orelha a orelha. Ele era a pessoa mais orgulhosa no local. Ali eu senti que atingi tudo que ele esperava para mim. Desde criança carrego uma enorme pressão – assim como foi para vocês (irmãs Williams). Meu pai queria que eu tivesse uma vida melhor que a dele. Ele queria absurdamente que fôssemos bem-sucedidos. E eu nunca quis decepcioná-lo. Então subir ao pódio daquela maneira foi verdadeiramente mágico.

SERENA: Perder te faz ser melhor?

HAMILTON: Eu odeio perder. Não importa se for correndo ou jogando ping-pong. Eu odeio. Ou você é primeiro ou último.

SERENA: Você sente que as pessoas esperam que você sempre vença?

HAMILTON: Eu sinto que as pessoas esperam que eu falhe. Sendo assim, eu sempre espero vencer. Assim como acontece com você, as pessoas sabem o quão bom você é estão apenas esperando pela sua queda.

SERENA: Qual a importância que a vitória tem na sua vida?

HAMILTON: Isso costumava ser do começo ao fim. Você sabe como é – você vem treinando, já cometeu erros antes e sabe o que não tem que fazer, mas aí você faz de novo, e falha de um jeito espetacular. A queda parece que não tem fim. Eu costumava levar dias para me recuperar, literalmente. Uma vez, não deixei o quarto do hotel por quatro dias, estava tão preso na minha cabeça. Mas agora, com a maturidade e a idade, entendi que vencer não é tudo. É muito mais sobre a jornada, principalmente no meu esporte.

SERENA: Perder te faz ser melhor? 

HAMILTON: Eu odeio perder. Não importa se for correndo ou jogando ping-pong. Eu odeio. Ou você é primeiro ou último.

SERENA: Lewis, você quebrou a barreira de cor no automobilismo?

HAMILTON: Com certeza. Meu pai e eu sempre admiramos o que o Tiger (Woods) fez no golfe e o que você e sua irmã fizeram pelo tênis. Temos muito orgulho do que fizemos no automobilismo. Eu estava em um evento da amfAR (Organização internacional sem fins lucrativos dedicada ao apoio à pesquisa sobre a AIDS) e uma moça africana se aproximou e mostrou uma foto do seu filho, que está no kart e quer ser como eu. Mas não são apenas pessoas negras, mas também asiáticas e de todas as raças. Quando eu corria de kart, não tinha ninguém que se parecesse comigo, nem um pouquinho, o que me ajudou a ver que era uma causa que eu podia trabalhar em cima. E agora sou visto por crianças pelo eu faço. Me orgulho muito em fazer parte disso.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
UOL Esporte
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Esporte Ponto Final
UOL Esporte
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Topo