Fórmula 1

E agora, Ferrari? Por que o GP da Hungria será tira-teima entre líderes

Mark Thompson/Getty Images
GP da Hungria teve dobradinha da Mercedes ano passado Imagem: Mark Thompson/Getty Images

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Londres (ING)

24/07/2017 04h00

Sebastian Vettel viu sua vantagem de 20 pontos no campeonato evaporar depois do GP da Inglaterra, quando teve problemas nos pneus nas últimas voltas e terminou apenas em sétimo, enquanto o rival Lewis Hamilton vencia de maneira dominante e ficava a apenas um ponto da liderança na tabela.

Mais do que isso, Vettel tem visto Hamilton e a Mercedes terem um rendimento melhor desde sua última vitória, no GP de Mônaco, no final de maio. Mas é justamente essa vitória que dá ao tetracampeão esperanças de que a história pode ser diferente na etapa deste final de semana, na Hungria.

Isso porque a pista de Hungaroring é bastante travada, fazendo com que os carros usem configurações parecidas com as de Mônaco e beneficiando equipamentos eficientes do ponto de vista mecânico e com boa tração, o que é o caso da Ferrari e ajudou o time a dominar o final de semana em Monte Carlo, na única corrida do ano em que a Mercedes sequer subiu ao pódio.

Mas será que a melhora da Mercedes nos últimos GPs será suficiente para virar o jogo também em um circuito teoricamente favorável à Ferrari?
Pelo menos Valtteri Bottas, piloto que mais pontuou nas últimas quatro provas, se mostrou confiante. “Vai ser uma pista bem menos veloz do que as que tivemos nas últimas corridas, então pode ser mais complicado. Mas não sei, sinto que estamos melhorando como equipe e cada vez estamos ficando mais fortes”, disse o finlandês ao UOL Esporte.

O chefe da Mercedes, por outro lado, ainda tem suas dúvidas. “Nosso carro não é fácil de acertar e estamos ficando melhores em fazer isso, o que é um grande esforço da equipe para fazer os pneus funcionarem”, salientou Toto Wolff. “Mas quero ainda ver em Budapeste como o carro se comporta num circuito de baixa velocidade, altas temperaturas e muito arrasto para ter um quadro mais completo.”

Além de Vettel e Hamilton separados por apenas um ponto, Bottas também está na briga, a 23 pontos do líder. O GP da Hungria será disputado no domingo, em Hungaroring, a partir das 9h da manhã pelo horário de Brasília.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
AFP
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
UOL Esporte vê TV
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Topo