Topo

Fórmula 1

Nasr mira volta à Fórmula 1 em 2018. Mas já admite procurar 'plano B'

Andrew Boyers/Reuters
Brasileiro cogita procurar vagas na Fórmula Indy, na Fórmula E ou no Mundial de Endurance Imagem: Andrew Boyers/Reuters

Do UOL, em São Paulo

24/07/2017 15h07

Felipe Nasr perdeu sua vaga na Sauber após a temporada 2016 da Fórmula 1, mas está disposto a voltar à categoria. Em declarações publicadas neste domingo pelo site da revista Autosport, o brasileiro afirmou estar à procura de “opções” na F-1, mas já admite buscar vagas em outras categorias.

“Eu ainda sinto que sou capaz de voltar para cá (F-1), e estou procurando por oportunidades para 2018”, disse Nasr, que não citou conversas com equipes e reconheceu a falta de vagas no grid para a próxima temporada.

“É difícil. Seria legal ver uma ou duas equipes a mais por aí – não apenas para mim, mas para qualquer piloto que queria chegar à F-1”, afirmou. “Mas as coisas mudam muito rapidamente também.”

Com o futuro indefinido, no entanto, Nasr reconhece que poderá correr em outra categoria no próximo ano.

“É claro que a F-1 é o plano A, mas há muitos planos B. Poderia ser a Fórmula Indy, a Fórmula E ou o Mundial de Endurance. Todas essas categorias têm minha atenção. Certamente vou tentar experimentar todas elas antes de fazer qualquer comentário ou tomar qualquer decisão”, disse o brasileiro, indo além.

“O mais importante é que estou em forma. Fiz tudo que poderia para estar pronto para (a Fórmula 1) neste ano, e sei que posso entrar no carro a qualquer momento para mostrar que ainda sou competitivo. Não é fácil estar fora de um carro, com certeza, mas eu não me arrependo. Há um tempo para tudo na vida, e o mais importante é que eu estou pronto. Tomarei logo uma decisão”, completou.

Piloto de testes da Williams em 2014, Nasr disputou duas temporadas da Fórmula 1 pela Sauber. Em 2015, somou 27 pontos, tendo o quinto lugar no GP da Austrália como melhor resultado. Em 2016, conquistou apenas dois pontos, graças ao nono lugar no GP do Brasil.