Fórmula 1

"Não entendi o que Verstappen queria", diz Massa após toque

REUTERS/Max Rossi
Felipe Massa no GP da Itália de Fórmula 1 Imagem: REUTERS/Max Rossi

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Monza (ITA)

03/09/2017 12h53

Largando em sétimo lugar na Itália, Massa sabia que seria difícil segurar carros mais rápidos que saíram de posições intermediárias devido a punições como a dupla da Red Bull, mas dois toques nas voltas iniciais quase complicaram sua prova em Monza.

“Tive algumas encostadas. Primeiro foi o Perez que tentou vir por fora e depois foi o Verstappen que não entendi muito bem o que ele quis fazer, veio por dentro onde não tinha espaço. Mas acho que foi acidente de corrida.”

Na parte final da corrida, Massa teve uma disputa com o companheiro Lance Stroll e acabou chegando a quatro décimos do canadense, que estava sofrendo com seu pneu depois de uma fritada na segunda chicane.

“Eu cometi um erro e estava com o pneu bem danificado no final, então fui de estar pressionando Esteban a ter de me defender de Felipe, o que foi uma disputa muito boa”, disse Stroll.

Ao UOL Esporte, Massa reconheceu que estava mais rápido que Stroll, mas se mostrou satisfeito com a oitava colocação.

“Eu tinha mais ritmo que ele, mas ele também estava atrás de um carro e não conseguia passar. A gente estava na briga, mas invertendo a posição muitas vezes você acaba perdendo mais tempo. No final, valeu a briga e termos marcado bons pontos para a equipe.”

Saindo da segunda colocação do grid, Stroll chegou a ter uma boa largada, mas acabou perdendo a posição para Esteban Ocon, não conseguindo superar a Force India do francês pelo resto da corrida e terminando em sétimo.

“Estou muito satisfeito. No começo eu tive uma largada tão boa que tive de tirar o pé porque o Lewis se defendeu, o que foi uma pena porque acabei perdendo a posição para Ocon e daí em diante minha corrida foi toda atrás dele, sempre na zona de abertura da asa móvel, mas sem conseguir me aproximar o suficiente”, explicou o canadense, ouvido pelo UOL Esporte.

Os pontos marcados em Monza foram importantes para a Williams, que agora abriu 15 para a Toro Rosso e ficou mais tranquila na quinta colocação do mundial de construtores.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
EFE
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Redação
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Topo