Fórmula 1

Vitórias empolgam Hamilton. Mas Vettel aposta em virada no próximo GP

Max Rossi/Reuters
Hamilton vai ter a chance de tirar a vantagem de Vettel na liderança do Mundial Imagem: Max Rossi/Reuters

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Monza (ITA)

03/09/2017 13h30

Na primeira vez que um mesmo piloto conseguiu vencer duas corridas em sequência no campeonato, Lewis Hamilton dominou completamente o GP da Itália, uma semana depois de ter batido Sebastian Vettel em um duelo mais apertado na Bélgica. Com isso, o inglês agora lidera o campeonato com três pontos de vantagem, e não esconde a empolgação com a boa fase sua e do carro da Mercedes, que fez a dobradinha em Monza com Valtteri Bottas.

“As coisas se acertaram nas últimas duas corridas. É cedo para dizer, mas obviamente dizemos duas corridas muito fortes mesmo não tendo desenvolvido tanto o carro, mas só extraindo o melhor do nosso equipamento”, disse o inglês, ouvido pelo UOL Esporte em Monza.

Mesmo reconhecendo a derrota depois de ter chegado 36s atrás de Hamilton, na terceira colocação, Vettel relativizou a situação. Afinal, sabe que a Mercedes tem sido absolutamente imbatível em Monza desde que a F-1 passou a adotar os motores híbridos, em 2014: de lá para cá, o time liderou todas as voltas disputadas no circuito italiano.

“Eles foram mais rápidos hoje. Não estou feliz, mas fizemos o que podíamos e temos de aceitar o resultado. É assim que funciona”, disse o alemão.

“Vou atacar ao máximo. Obviamente, no papel, dá para dizer isso ou aquilo. Gosto de Cingapura e gosto de muitas das pistas que vêm adiante. Mas falta muita coisa pela frente e acho que as coisas vão variar para um lado e para o outro. O importante é estar na frente do campeonato na última corrida.”

A expectativa de que o cenário mude em Cingapura é compreensível. Afinal, a Ferrari tem sido superior em circuitos de alta pressão aerodinâmica, como aconteceu em Mônaco e Hungria. E isso até mesmo Valtteri Bottas reconhece.

“Eles serão fortes. Sabemos que será uma pista boa para eles e certamente não estaremos indo para lá confiantes, achando que seremos os melhores. Vamos para lá pensando que temos de tirar mais do carro.”

A 14ª etapa do campeonato será disputada em duas semanas. Pelo menos até lá, Hamilton fica na liderança do campeonato pela primeira vez no ano, com sete corridas para o final.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Topo