Topo

Fórmula 1

Porsche elogia novas ideias da F-1 e confirma interesse em retorno em 2021

Mark Thompson/Getty Images
Imagem: Mark Thompson/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

05/09/2017 12h41

A Porsche confirmou que é uma das montadoras que estão de olho nas mudanças do regulamento de motores da Fórmula 1, previstas para 2021, para investir na categoria. Caso isso se confirme, seria o retorno dos alemães após mais de 25 anos longe do esporte.

No último final de semana, no GP da Itália, Lutz Meschke, presidente do conselho executivo, se reuniu com o chefão da parte técnica da F-1, Ross Brawn, para discutir sobre o retorno da Porsche, que não está diretamente na categoria desde equipar a nanica Footwork em 1991.

A montadora, que marca presença nos finais de semana da F-1 com uma categoria própria com seus carros de rua adaptados, passa por processo de mudanças em seu investimento no esporte a motor, já tendo confirmado que terá uma equipe de fábrica na Fórmula E a partir de 2019, a exemplo da Mercedes, e desistindo do investimento na LMP1, categoria de protótipos do Mundial de Endurance.

Na Fórmula 1, seu retorno depende diretamente do caminho que será tomado com a nova regulamentação de motores, algo que está sendo discutido com as atuais quatro fornecedoras da categoria e as chamadas “observadoras”. A ideia é ter um motor mais barato e com tecnologia mais simples, ainda que continue sendo um turbo (possivelmente, bi-turbo) híbrido.
“A F-1 poderia ser um dos lugares corretos para nós”, disse Meschke ao site Motorsport. "A F-E é muito importante para nós agora, e a F-1 sempre é um tópico para se pensar. E acho que estamos em discussões boas a respeito do novo motor". 

Pelo menos por enquanto, contudo, a Porsche não estuda a entrada na F-1 como uma equipe, mas sim apenas como fornecedora.

Uma das tentativas com a mudança de regulamento para os motores é justamente atrair mais montadoras para a Fórmula 1, além de diminuir os custos e tornar a categoria mais fácil de ser compreendida pelo público em geral.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!