Fórmula 1

Liderança de Hamilton vai durar pouco? Por que não perder o GP de Cingapura

 AFP PHOTO / MOHD RASFAN
Mercedes dominou corrida de Cingapura ano passado Imagem: AFP PHOTO / MOHD RASFAN

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Londres (ING)

12/09/2017 04h00

Mesmo depois de ter vencido as últimas duas corridas - sendo que a última, na Itália, foi uma verdadeira lavada na Ferrari de Sebastian Vettel em casa, com mais de meio minuto de diferença - e de ter chegado à liderança do campeonato pela primeira vez no ano, Lewis Hamilton evitou o clima de ‘já ganhou’ em Monza. Afinal, é esperado que a virada de Vettel venha já na etapa deste ano final de semana, em Cingapura.

5 motivos para não perder o GP de Cingapura

1. Liderança pode mudar de mãos novamente: Depois de Hamilton fazer a lição de casa e ganhar nos dois circuitos de alta velocidade de Spa e Monza, agora é a vez de Vettel comprovar a esperada vantagem da Ferrari no travado e quente GP de Cingapura. Afinal, suas duas últimas vitórias, em Mônaco e em Budapeste, foram justamente neste tipo de condição.

2. Red Bull lutando pela vitória? A chefia da equipe não esconde a confiança de que pode se dar bem em Cingapura, colocando-se na briga com Ferrari e Mercedes pela vitória. Isso porque o time deu um salto com um pacote aerodinâmico que estreou na Hungria, e se surpreendeu com o rendimento em Spa, quando chegou ao pódio com Ricciardo, e em Monza, duas pistas que teoricamente não favoreceriam seu equipamento tanto quanto o palco da 14ª etapa da temporada.

3. Pilotos fazendo diferença: Com um traçado bastante traiçoeiro e uma corrida que costuma ser muito desgastante por sempre durar perto de duas horas e ser disputada sob intenso calor, o GP de Cingapura é um grande teste para a técnica e preparação física dos pilotos, especialmente neste ano, que os carros são mais velozes nas curvas.

4. Chance de Alonso mostrar serviço: a pista de Cingapura é uma daquelas em que a falta de potência do motor Honda deve ser menos sentida para a McLaren, a exemplo de Mônaco e Hungria, Alonso e seu companheiro Vandoorne têm chance real de chegar nos pontos.

5. Pode ser o último: Os dirigentes da F-1 estão tendo dificuldades em renovar o contrato com o GP de Cingapura, uma vez que há um grande descontentamento entre os locais, pois uma parte central da cidade-Estado fica bloqueada por semanas para a realização da prova.

Confira os horários do GP de Cingapura
Sexta-feira
Treino Livre 1   das 7h às 8h30
Treino Livre 2   10h30 ao meio-dia

Sábado
Treino Livre 3   das 7h  às 8h
Classificação das 10h às 11h

Domingo
Corrida 9h
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Topo