Topo

Fórmula 1

Massa admite erro em escolha de pneu, mas celebra pontos da Williams

Mark Thompson/Getty Images
Felipe Massa durante o GP de Cingapura Imagem: Mark Thompson/Getty Images

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Cingapura (CIN)

17/09/2017 13h13

Com chuva e acidentes especialmente na largada, o GP de Cingapura teve as oportunidades de que Felipe Massa precisava, mas o brasileiro não conseguiu aproveitá-las depois de um erro no início da prova comprometer sua prova. Massa optou por largar com os pneus de chuva e demorou para trocá-los, o que o deixou muito atrás no pelotão.

“Erramos no pneu para largar. Chovia muito forte e era um circuito de rua, enquanto na Itália o pneu de chuva tinha muito mais aderência comparando com o intermediário. Mas infelizmente funcionou ao contrário. Isso foi erro meu, sem dúvida, mas quando deu o Safety Car eu falava para a equipe para a gente parar e eles não quiseram. Mas também não sei se já faria diferença para pontuar.”

Massa foi um dos primeiros pilotos a arriscar colocar os pneus de pista seca, mas já tinha perdido muito tempo na parte inicial da prova e não conseguiu se recuperar.

“Foi uma decisão conjunta minha e da equipe, mas naquele momento já não tinha muito o que pudéssemos fazer.”

O companheiro de Massa, Lance Stroll, largou com os pneus intermediários e fez boa corrida de recuperação, saindo de 18º para oitavo.

“Fiquei feliz pelos pontos do meu companheiro de equipe, pensando na luta em que a gente está com outras equipes. Depois da classificação que a gente teve, o resultado final acabou sendo bom. Uma corrida péssima para mim, mas não tão ruim para a equipe.”

Com os 12 pontos marcados pela Toro Rosso com o quarto lugar de Carlos Sainz, a equipe agora está a sete pontos da Williams na briga pela quinta colocação no campeonato.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!