Topo

Fórmula 1

Mesmo com cota de motores estourada, Lewis Hamilton não teme punição

false
Hamilton

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Sepang (MAL)

28/09/2017 04h00

Lewis Hamilton vinha em uma virada excepcional no campeonato do ano passado quando chegou à Malásia, tendo vencido seis em sete provas entre maio e julho. A corrida do inglês foi perfeita e ele caminhava para uma vitória fácil quando seu motor quebrou a poucas voltas do final.

Neste ano, Hamilton ainda não teve problemas de motor, mas viu a Mercedes adotar uma estratégia de adiantar o desenvolvimento, estreando duas novidades novas em Silverstone, em julho, e na Bélgica, no final de agosto, completando as quatro unidades às quais cada piloto tem direito ao longo do ano antes de começar a sofrer punições por novas trocas.

Assim, Hamilton e seu companheiro Valtteri Bottas têm de revezar unidades já usadas nas nove etapas entre os GPs da Bélgica e a final do campeonato, em Abu Dhabi. O inglês, no entanto, confia na equipe.

“Não acredito que terei de sofrer alguma punição e acho que seria algo negativo para se pensar. Não posso controlar esse tipo de coisa. Tudo o que eu posso fazer é trabalhar duro e maximizar o que está nas minhas mãos. Não tenho como saber se teremos ou não problemas”, disse o inglês, que chega à Malásia neste final de semana com uma vantagem de 28 pontos no campeonato em relação a Sebastian Vettel, outro piloto que está em situação pouco confortável com os motores.

“O que sei é que temos o melhor grupo de pessoas para nos certificarmos de que o equipamento siga evoluindo e acredito que temos mostrado isso ao longo da temporada.”

Os treinos livres para o GP da Malásia começam na noite desta quinta-feira pelo horário de Brasília, a partir das 23h.

Horários do GP da Malásia
28/09, quinta-feira
Treino Livre 1   23h às 00h30

29/09, sexta-feira
Treino Livre 2   3h às 4h30

30/09, sábado
Treino Livre 3   3h00 às 4h00
Classificação 6h00 às 7h00

1º/10, domingo
Corrida 4h00

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!