Topo

Fórmula 1

Como um "jogador de tênis", Hamilton foca em atacar pontos fracos de Vettel

REUTERS/Juan Medina
Hamilton cumprimenta o rival Vettel Imagem: REUTERS/Juan Medina

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Sepang (MAL)

29/09/2017 05h51

Como um jogador de tênis que só joga as bolas no lado mais fraco do oponente. É assim que Lewis Hamilton define sua abordagem com Sebastian Vettel nas últimas seis etapas do campeonato, em busca de ampliar ainda mais a vantagem que é de 28 pontos depois de três vitórias seguidas do inglês na Itália, Bélgica e em Cingapura.

“Acho que todos temos os nossos pontos fracos e parte do processo de lutar contra um oponente é tentar encontrar as áreas que estão expostas. É como se você estivesse jogando tênis e soubesse que seu rival não é bom na devolução de esquerda e daí você começa a só jogar na esquerda. Então tento identificar e trabalhar nisso”, disse o piloto da Mercedes.

Do lado de Vettel, a estratégia revelada pelo alemão para reverter o quadro no campeonato é tentar vencer todas as seis etapas que restam no campeonato, o que foi ironizado por Hamilton, que mandou seu recado: “Só digo boa sorte pra ele!”

O alemão disse acreditar que a Mercedes já está fazendo as contas para manter a vantagem de Hamilton “porque é isso que os alemães fazem” mas segue confiante de que a Ferrari pode virar o jogo.

“Claro que você vê o que os outros estão fazendo, mas o foco é em seus próprios resultados. Temos um bom pacote e acreditamos nele. Para esta corrida, estão trazendo algumas novidades que achamos que vão nos ajudar bastante. E partiremos daí.”

Pelo menos nos primeiros treinos livres, a confiança de Vettel se mostrou justificada: o alemão liderou a sexta-feira, fazendo a dobradinha com o companheiro Kimi Raikkonen. E Hamilton fechou o dia apenas no sexto lugar.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!