Topo

Fórmula 1

"Só faltava levar bueirada na cabeça", diz Massa após susto em treino

Clive Mason/Getty Images
Felipe Massa, da Williams, durante treinos livres na Malásia Imagem: Clive Mason/Getty Images

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Sepang (MAL)

29/09/2017 06h26

O acidente da classificação do GP da Hungria de oito anos atrás foi a primeira coisa em que Felipe Massa pensou depois de ser o primeiro a passar por Romain Grosjean, segundos depois do francês ter o pneu estourado por um bueiro que se soltou durante a segunda sessão de treinos livres para o GP da Malásia. O piloto da Williams, que fechou o dia em 12º, contou que se assustou com o incidente.

“Foi um susto quando vi o Grosjean rodando na minha frente. Eu já levei uma molada, então levar uma bueirada seria demais! Foi a primeira coisa que pensei: ‘era só o que me faltava’”, brincou o brasileiro, falando ao UOL Esporte. “Mas graças a Deus ele está bem e não aconteceu nada com ninguém. Isso é o mais importante. Na hora eu só vi que ele tinha pego alguma coisa, mas eu não estava tão perto.”

Nesta sexta (29), Romain Grosjean teve o pneu furado por uma tampa de bueiro, que estava solta na zebra, e bateu forte na barreira de proteção. O piloto não se feriu, mas o diretor de prova Charlie Whiting foi ver de perto a zebra e decidiu que não havia condições de continuar a sessão.

O susto no final foi um dos “percalços” pelos quais Massa passou durante o dia, começando pelo primeiro treino, em que não chegou a dar voltas rápidas.

“Foi um dia em que perdemos muitas voltas. No primeiro treino, tinha alguma coisa vazando no carro, então tiveram de tirar o câmbio para resolver, então acabei não andando. E no segundo, consegui andar o quanto deu, até bandeira vermelha. Acho que o carro se comportou bem. Fomos 12º, mas com uma diferença pequena para os outros carros. Esse é o nosso mundo agora.”

A sexta-feira de treinos livres na Malásia foi liderada por Sebastian Vettel, em uma dobradinha da Ferrari. O líder do campeonato, Lewis Hamilton, foi apenas o sexto, em uma sessão descrita por seu chefe, Toto Wolff, como “não abençoada.”

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!