Topo

Fórmula 1

Dono da Force India é preso acusado de lavagem de dinheiro

Adrian Dennis/AFP PHOTO
Imagem: Adrian Dennis/AFP PHOTO

Do UOL, em São Paulo

03/10/2017 17h02

Vijay Mallya, um dos donos da Force India, foi preso nesta terça-feira (3), em Londres, acusado de lavagem de dinheiro por meio de sua equipe na Fórmula 1.

O governo indiano acusa Mallya, de 61 anos, de deixar a Índia rumo à Inglaterra para evitar sua prisão pelo não-pagamento de 1 bilhão de libras (R$ 4.1 bilhões) em dívidas. O governo britânico disse ter realizado a prisão em nome das autoridades indianas. "A nova acusação é apenas mostrando para onde foi o dinheiro, por exemplo, é alegado que parte dos fundos foi usado na Force India", disse o Ministério Público Britânico. 

Mallya negou as acusações e foi liberado logo após se apresentar aos juízes da corte de Westminster. "Eu neguei e continuarei negando todas as acusações contra mim", falou, já do lado de fora do tribunal. "Eu não iludi nenhum júri. Se é meu dever estar aqui, estou feliz de estar aqui", finalizou.

Vijay Mallya já havia sido preso anteriormente em Abril, quando o governo indiano pediu sua extradição para ser julgado por uma dívida de 1 bilhão de libras a bancos estatais após a falência, em 2012, da Kingfisher Airlines, empresa de aviação da qual Mallya era fundador.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!