Fórmula 1

Hamilton comemora "volta ao normal" da Mercedes, mas Vettel está confiante

Lars Baron/Getty Images
Lewis Hamilton, da Mercedes, lidera o campeonato Imagem: Lars Baron/Getty Images

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Suzuka (JAP)

06/10/2017 05h25

Sebastian Vettel pode ter feito o melhor tempo na sexta-feira de treinos livres no GP do Japão, mas Lewis Hamilton saiu animado com a sensação que teve com sua Mercedes. O líder do campeonato, que chegou a Suzuka preocupado devido às performances ruins do carro nas últimas duas etapas, mas quais a Ferrari se mostrou superior, ainda que não tenha conseguido marcar mais pontos, está aliviado com o que sentiu até agora.

“Foi um dia interessante, a sensação com o carro é muito melhor do que era na Malásia. O carro voltou ao normal, então estou pronto para correr”, disse Hamilton, que fechou o dia em segundo.

O treino que acabou contando de verdade foi o primeiro, uma vez que muita chuva marcou a segunda sessão, que inclusive foi liderada por Hamilton, o mais veloz dos cinco pilotos que marcaram tempo na parte da tarde em Suzuka.

“Estou feliz que tivemos pista seca na primeira sessão de treinos. Na segunda, chovia muito, mas foi importante ir para a pista e ver qual a sensação porque o carro não foi bem no molhado na Malásia”, avaliou o inglês.

A expectativa para o sábado não é que a chuva continue, motivo pelo qual a Ferrari decidiu não fazer voltas rápidas no segundo treino. E, a exemplo de Hamilton, Vettel também se mostrou confiante.

“Sinto que o carro está forte. Obviamente os resultados não foram os melhores nas últimas corridas, mas acho que estamos fortes e que temos todos os motivos para estarmos confiantes. Tenho certeza de que, no domingo, vamos conseguir mostrar o que podemos fazer.

O alemão, contudo, chamou a atenção para o fato da Red Bull também ter mostrado estar forte em Suzuka, ficando a menos de meio segundo da liderança nos treinos livres.

“Não é mais apenas um duelo. São três equipes lutando. Acho que isso torna as coisas interessantes para nós. Mas não muda nada, queremos estar no topo.”

Os pilotos ainda terão mais uma hora de atividades, a partir das 23h desta sexta-feira pelo horário de Brasília, para preparar os carros para a classificação, que começa às 3h da manhã do sábado. Com cinco corridas e 125 pontos em jogo, Hamilton defende uma vantagem de 34 pontos no campeonato.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Topo