Topo

Fórmula 1

Hamilton revela inspiração em astros do esporte e busca esconder fraquezas

Clive Mason/Getty Images
Lewis Hamilton celebra vitória no GP dos EUA Imagem: Clive Mason/Getty Images

Julianne Cerasoli

Do UOL, em São Paulo

03/11/2017 04h00

Mesmo depois de conquistar seu quarto título mundial, batendo recordes que o colocam entre os grandes da história da F-1, Lewis Hamilton é o primeiro a reconhecer que sua carreira é uma obra em construção. Olhando para trás em sua carreira, o inglês costuma dizer que não mudaria nada, pois até os momentos difíceis, como o afastamento do pai e a separação da ex-namorada Nicole Scherzinger, que acabaram refletindo em seus resultados na pista na época, serviram para ele chegar onde está hoje.

Mesmo atualmente, aos 32 anos e vivendo uma vida invejada para muitos, sempre viajando na companhia de famosos em seu jatinho particular e pilotando um dos melhores carros do mundo, Hamilton reconhece que tem suas dificuldades. E foca em não deixar que os rivais as percebam.

“Como competidores, não queremos demonstrar nossas fraquezas, mas a temporada é muito dura em nosso esporte. Todos nós temos dificuldades em ficar longe de nossas famílias e amigos, as horas de voo, os dias e noite de trabalho”, disse o inglês, que revelou buscar ajuda em outros astros que também competem em esportes que rodam o mundo.

“É difícil para um competidor se manter em alto nível, e por isso eu me inspiro em outros esportistas top que conheço. Pessoas como os [tenistas] Serena [Williams] e [Roger] Federer e o piloto de motovelocidade [Valentino] Rossi. Converso sobre as experiências pelas quais eles passam e como eles lutam quando algo incomoda.”

A estratégia parece ter dado certo. Nesta temporada, Hamilton pareceu ir ficando mais forte à medida que as etapas iam se somando - assim como as quilometragens de vôos e as ausências em casa. Tanto, que o inglês fez 176 pontos nas 10 primeiras etapas da temporada, e 157 nas oito seguintes, conquistando o tetracampeonato no último domingo, no GP do México, com duas provas de antecipação e 50 pontos ainda em jogo.

A próxima etapa do campeonato da F-1 será no Brasil, dia 12 de novembro.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!