Fórmula 1

Ele foi campeão na semana passada. Mas, no GP do Brasil, é coadjuvante

Peter Fox/Getty Images/AFP
Brendon Hartley, piloto da Toro Rosso antes do GP dos EUA Imagem: Peter Fox/Getty Images/AFP

Julianne Cerasoli

Do UOL, em São Paulo

10/11/2017 04h00

Lewis Hamilton não é o único campeão do mundo que estará na pista de Interlagos neste final de semana correndo na F-1. O neozelandês Brendon Hartley pode estar fazendo apenas sua terceira corrida da carreira na categoria, mas traz consigo toda a confiança de quem se tornou, no último domingo, campeão, pela segunda vez, do Mundial de Endurance.

Hartley foi recrutado às pressas pela Toro Rosso depois que o time decidiu demitir Daniil Kvyat e perdeu Carlos Sainz, que foi substituir Jolyon Palmer na Renault no final da temporada, mas continuou disputando as etapas do WEC com a Toyota e conquistou o título por antecipação na China.

“Foram cinco finais de semana incríveis para mim”, disse o piloto ao UOL Esporte. “Não tive muito tempo de parar e pensar nisso. Acho que no final do ano é quando vou ter tempo de pensar em tudo o que aconteceu comigo. Meu foco está mudando muito rapidamente de um final de semana para o outro”.

Perguntado se sentia dificuldade de ir de uma categoria em que disputava vitórias para outra em que está longe de ser protagonista, o neozelandês, que muito provavelmente será efetivado ano que vem, garantiu que não.

“Não é difícil. Marcar um ponto aqui seria incrível para mim e essa tem de ser minha meta. É difícil marcar um ponto na F-1 porque são os melhores pilotos do mundo e as condições são as mais duras. Mas eu mal posso esperar para continuar melhorando, como eu fiz nos Estados Unidos e no México e tirar tudo de bom o que tem acontecido para ter meu primeiro ponto na F-1. Isso seria um sonho.”

Pelo menos a pista de Interlagos não é novidade para Hartley, que disputou a etapa paulistana do WEC há três anos. Na F-1, contudo, os primeiros treinos livres, que serão disputados nesta sexta-feira em Interlagos, serão sua estreia no circuito.

“Nem tive tempo de testar esse circuito no simulador, porque estava lá na China. Mas pelo menos corri aqui em 2014 e conheço o circuito, mas vai ser minha primeira vez aqui com um F-1.”

Serão disputados dois treinos livres de 1h30 cada, começando às 10h da manhã e às 2h da tarde.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Topo