Fórmula 1

Vettel vence com largada perfeita e Hamilton brilha em prova de recuperação

Mark Thompson/Getty Images
Sebastian Vettel (Ferrari) tomou de Valtteri Bottas (Mercedes) a liderança do GP do Brasil logo na largada Imagem: Mark Thompson/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

12/11/2017 15h34

Mesmo com o título da temporada definido antecipadamente, o público do Grande Prêmio do Brasil foi premiado com uma bela corrida neste domingo, no circuito de Interlagos, em São Paulo. Sebastian Vettel tomou a liderança de Valtteri Bottas (Mercedes) com uma largada perfeita e foi o vencedor com sua Ferrari. Mas o grande destaque ficou com a corrida de recuperação de Lewis Hamilton – o campeão largou dos boxes e terminou em 4º lugar.

Por sua vez, em sua corrida de despedida no Brasil pela Fórmula 1, Felipe Massa teve um bom desempenho com sua Williams e conseguiu uma 7ª colocação, duas posições à frente do que sua situação de largada (contando com uma boa briga com Fernando Alonso nas voltas finais). Depois de Interlagos, agora resta apenas uma prova ao brasileiro na categoria.    

Em razão do acidente logo no primeiro minuto do treino de classificação, no sábado, Hamilton largou dos box e fez uma prova de recuperação. O campeão da temporada foi beneficiado pelas confusões na primeira volta para se aproximar dos adversários à frente e depois foi ultrapassando um a um. Para a alegria da torcida em Interlagos, o britânico conseguiu entrar na briga pelas primeiras posições.

Antes disso, o alemão Vettel conseguiu uma bela largada, lançando seu carro por dentro na entrada do S do Senna, para ganhar a primeira posição do finlandês Bottas. Com o título nas mãos de Hamilton, Vettel e Bottas disputam ainda o vice-campeonato de 2017 (o piloto da Ferrari soma 302 pontos, contra 280 do rival da Mercedes). 

Reprodução/F-1
Toque de Ricciardo e Vandoorne volta agitou primeira volta da prova em Interlagos Imagem: Reprodução/F-1

A largada foi complicada e contou com toques de Esteban Ocon (Force India) e Romain Grosjean (Haas), além de incidente entre Daniel Ricciardo (Red Bull) e Stoffel Vandroorne (McLaren) – Ocon, Vandroorne e Kevin Magnunssen (Haas) deixaram a prova logo na primeira volta.

Então o Safety Car precisou entrar na pista e assim favoreceu a aproximação de Hamilton do pelotão de frente. Em pouco tempo, o campeão mundial foi conquistando posições em sua corrida de recuperação. Também na relargada, Massa conseguiu vantagem sobre a McLaren de Fernando Alonso e pulou para a 5ª colocação.

Adiante, com o ritmo da sua Mercedes, era inevitável que Hamilton chegasse em Massa. Os dois enfim disputaram posição na volta 21. O brasileiro inicialmente ofereceu resistência na reta principal, mas acabou perdendo a 5ª colocação algumas curvas adiante.

Na volta 29, Bottas contou com o bom trabalho de pit stop da Mercedes e tirou vantagem de Vettel. O alemão voltou para a pista com o finlandês colado em sua Ferrari, mas mesmo assim conseguiu preservar a posição. Neste momento a liderança ficou com Hamilton, que atrasou sua estratégia de parada nos boxes até a volta 44. Em seguida, o britânico voltou com pneus super macios e tratou de tentar tirar a diferença para o líder Vettel: 18 segundos.

Hamilton manteve o nível de desempenho de sua Mercedes e conseguiu conquistar a 4ª colocação, ultrapassando a Red Bull de Max Verstappen. Em seguida saiu à caça da Ferrari de Kimi Raikkonen, mas desta vez não conseguiu se aproximar a tempo de fazer a ultrapassagem e assim ir ao pódio.    

Depois da etapa do Brasil, a temporada da Fórmula 1 terá sua última parada em Abu Dhabi, com a prova marcada para o dia 26 de novembro. Além da disputa pelo vice-campeonato, a prova marcará a despedida oficial de Massa na categoria.

Classificação final do GP do Brasil:

1 5 Sebastian Vettel FERRARI 71 1:31:26.262 
2 77 Valtteri Bottas MERCEDES 71 +2.762s 
3 7 Kimi Räikkönen FERRARI 71 +4.600s 
4 44 Lewis Hamilton MERCEDES 71 +5.468s 
5 33 Max Verstappen RED BULL RACING TAG HEUER 71 +32.940s 
6 3 Daniel Ricciardo RED BULL RACING TAG HEUER 71 +48.691s 
7 19 Felipe Massa WILLIAMS MERCEDES 71 +68.882s 
8 14 Fernando Alonso MCLAREN HONDA 71 +69.363s 
9 11 Sergio Perez FORCE INDIA MERCEDES 71 +69.500s 
10 27 Nico Hulkenberg RENAULT 70 +1 volta
11 55 Carlos Sainz RENAULT 70 +1 volta
12 10 Pierre Gasly TORO ROSSO 70 +1 volta
13 9 Marcus Ericsson SAUBER FERRARI 70 +1 volta
14 94 Pascal Wehrlein SAUBER FERRARI 70 +1 volta
15 8 Romain Grosjean HAAS FERRARI 69 +2 voltas
16 18 Lance Stroll WILLIAMS MERCEDES 69 +2 voltas

Não completaram:

28 Brendon Hartley TORO ROSSO 
31 Esteban Ocon FORCE INDIA MERCEDES 
20 Kevin Magnussen HAAS FERRARI 
2 Stoffel Vandoorne MCLAREN HONDA 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Topo