Fórmula 1

Primeiros metros decidem GP a favor de Vettel e deixam alemão perto do vice

Mark Thompson/Getty Images
Vettel tomou de Bottas a liderança do GP do Brasil logo na largada Imagem: Mark Thompson/Getty Images

Julianne Cerasoli

Do UOL, em São Paulo

12/11/2017 19h35

Em um GP do Brasil em que os principais protagonistas foram Felipe Massa em sua despedida do Brasil e Lewis Hamilton fazendo fila depois de largada em último para chegar em quarto, a disputa pela vitória foi praticamente decidida nos primeiros metros: como a Ferrari de Sebastian Vettel e a Mercedes de Valtteri Bottas tinham um ritmo muito parecido, a largada ruim do finlandês, que saía da pole position, acabou dando a chance do alemão ditar o ritmo desde o início para vencer em Interlagos.

“Para mim era crucial ficar na frente na largada. Caso contrário teria sido muito difícil vencer. É justo dizer que eles estavam um pouco mais rápidos - ou pelo menos Lewis tinha um ritmo melhor e também tinha uma estratégia que já vimos ao longo da temporada que funciona bem.”

Depois de ficar à frente de Bottas na largada, coube a Vettel usar o melhor ritmo da Ferrari na parte mais travada do circuito para evitar o ataque do rival nas retas.

“O mais importante foi que conseguíamos sempre abrir um pouco no miolo para dificultar a vida dele, e então ele não conseguiu em momento algum ficar na minha zona de DRS. Eu estava tentando aumentar minha vantagem para a casa dos 3s e acabou funcionando bem mesmo que ele tenha chegado muito perto depois das paradas no box. Depois consegui aumentar um pouco a diferença nas primeiras voltas após a parada e consegui controlar a corrida a partir daí. Mas basicamente nós tínhamos o mesmo ritmo.”

Para Bottas, que buscava a segunda vitória da carreira depois de conquistar a pole, ficou a sensação de uma chance perdida após a largada ruim.

“É uma pena que minha tração não tenha funcionado bem na largada e Sebastian conseguiu ficar pelo lado de dentro. Depois disso, tentamos manter a pressão e também tentamos parar antes para passá-lo, mas não deu certo. Foi muito apertado mas também muito chato depois do resultado da classificação.”

Assim, a briga pelo vice-campeonato está praticamente decidida a favor de Vettel, que tem 22 pontos de vantagem para Bottas com 25 em jogo na última etapa, em Abu Dhabi, em duas semanas.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Topo