Topo

Fórmula 1

Stroll despista sobre Kubica e pede companheiro que trabalhe para o time

Jason Cairnduff/Reuters
Stroll vai substituir Felipe Massa Imagem: Jason Cairnduff/Reuters

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Abu Dhabi

23/11/2017 13h37

A Williams vive a expectativa do anúncio de quem será o companheiro de Lance Stroll na próxima temporada. Robert Kubica aparece como principal candidato e testará com o time após o GP de Abu Dhabi, que será realizado neste final de semana, e Stroll já deixou claro que tipo de parceiro quer ter do outro lado da garagem.

“Só quero que meu companheiro trabalhe para a equipe. Do meu lado, eu tenho que focar no meu lado da garagem”, disse o piloto de 18 anos no circuito de Yas Marina, que recebe os primeiros treinos livres a partir das 7h da manhã pelo horário de Brasília nesta sexta-feira.

“Quero alguém com quem eu possa ter uma boa relação. Mas cabe a ele, seja quem for, se adaptar. Ninguém na F-1 está aqui para ajudar. Você tem de fazer merecer seu lugar e isso é feito por cada pessoa individualmente. Claro que quero ter uma boa relação com ele, mas vou fazer a minha parte e espero que ele faça a dele.”

Perguntado se conhece Kubica, Stroll disse que não. “Eu nunca o encontrei”, disse o canadense. “Obviamente, ele era um grande talento antes de seu acidente. Ele era um dos melhores pelo que dizem. Hoje em dia, não sei qual o nível dele fisicamente falando depois do acidente, não tenho detalhes”.

Perguntado pelo UOL Esporte se tinha se surpreendido de alguma forma correndo contra Felipe Massa na mesma equipe, Stroll elogiou a competitividade do brasileiro.

“Não criei expectativas antes de ser companheiro dele. Mas ele é obviamente muito rápido, sempre foi por toda a sua carreira, ganhou muitas corridas. É um piloto competitivo e não dá para ficar na F-1 por 15 anos se você não for um bom piloto. Desejo o melhor para ele, foi um prazer trabalhar com Felipe.”

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!