Topo

Fórmula 1

Chefe da Mercedes diz querer Hamilton "para sempre" e pressiona Bottas

Reuters
Lewis Hamilton, Toto Wolff e Valtteri Bottas posam para foto em março de 2017 Imagem: Reuters

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Barcelona (ESP)

07/03/2018 10h41

Em entrevista ao UOL Esporte, Toto Wolff, chefe de equipe da Mercedes, rasgou elogios a Lewis Hamilton e disse que, se pudesse, contaria com o piloto em sua equipe até o fim de sua carreira. "Eu gostaria de manter Lewis para sempre, até 2030", brincou o dirigente. 

Hamilton, que tem 33 anos e já afirmou ter mais cinco ou sete anos de carreira, tem contrato com a Mercedes até o fim deste ano e está em negociações. E Wolff explicou que um dos entraves é o prazo do novo acordo. Isso porque a maioria dos contratos dos pilotos dos times grandes tem atualmente três anos de duração, como aconteceu com o próprio inglês desde que ele chegou à Mercedes, em 2013. Porém, o piloto quer mais flexibilidade.

"É uma das coisas que estão sendo discutidas", admitiu Wolff. Hamilton estaria propondo uma extensão por mais dois anos, a fim de ficar livre no mercado ao mesmo tempo de Max Verstappen e Sebastian Vettel, por exemplo. "No final de 2020, Lewis já estaria na equipe por oito anos, e isso é muito tempo. E talvez poderíamos assinar mais um contrato depois. Então é um tópico que estamos discutindo e não tenho uma resposta ainda."

Do lado da Mercedes, existe a preocupação com uma mudança de regulamento prevista para 2021, o que aumenta a necessidade de ter continuidade pelo menos na dupla de pilotos. 

Outro contrato que termina ao final deste ano na Mercedes é o de Valtteri Bottas. Perguntado pelo UOL Esporte o que espera do finlandês para iniciar as negociações de renovação, Wolff foi claro: ele precisa pelo menos andar mais perto de seu companheiro do que andou em 2017. "Suas próprias expectativas são de andar em um nível próximo ao de Lewis. É contra seu companheiro que você é avaliado, então se você mantiver o mesmo nível de performance, ele tem toda a chance [de seguir no time]."

As equipes da Fórmula 1 estão no Circuito da Catalunha, na Espanha, finalizando nesta seamana os testes de pré-temporada. O campeonato começa dia 25 de março, na Austrália.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!