Topo

Fórmula 1

Mercedes culpa problema em software por ultrapassagem sofrida por Hamilton

Paul Crock/AFP
Lewis Hamilton pilota seguido de perto por Kimi Raikkonen Imagem: Paul Crock/AFP

Do UOL, em São Paulo

25/03/2018 04h51

Lewis Hamilton liderava o GP da Austrália confortavelmente até Sebastian Vettel aproveitar o safety car virtual chamado para a retirada do carro de Romain Grosjean e ultrapassar o britânico neste domingo (25). O piloto da Mercedes acabou a prova em segundo, porém a equipe não aceitou bem a derrota para a Ferrari.

Entrevistado após a corrida pelo canal “Sky Sports”, Toto Wolff, chefe da escuderia alemã, afirmou que a estratégia do time foi construída a partir de um programa de computador. Este teria cometido um equívoco que fez com que a Mercedes não antevisse a ultrapassagem de Vettel.

“Achávamos que tínhamos uma vantagem de três segundos, então precisamos perguntar aos computadores. É o que estamos fazendo no momento. Se temos um problema de software em algum lugar, temos que consertar”, Toto Wolff, chefe de equipe da Mercedes

“Acho que o problema está no nosso sistema. 15 segundos é o que você precisa e nós tínhamos 12, pensamos que era o suficiente, mas não foi”, lamentou. “A vantagem que nós precisávamos foi calculada equivocadamente pelo sistema.”

Derrotado, o atual campeão da Fórmula 1 foi cordial no pódio e em suas redes sociais, onde publicou uma mensagem otimista sobre o primeiro fim de semana de corridas da temporada.

“Parabéns a Sebastian (Vettel) e à Ferrari, eles fizeram um trabalho melhor hoje. Tive uma boa velocidade e fui capaz de aplicar alguma pressão no fim. É um circuito muito legal, mas é muito difícil ultrapassar”, lamentou o inglês no pódio.

“Como um todo, esse fim de semana foi positivo. Parabéns a Seb e os caras de vermelho, hoje eles fizeram o trabalho melhor e nós voltamos ao planejamento. Ainda temos boa velocidade e estamos ansiosos para testar todos os aprendizados no Bahrein”, escreveu no Twitter.

O próximo GP será no próximo dia 8 de abril, no autódromo de Sakhir, no Bahrein.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!