Topo

Fórmula 1

Hamilton diz sem pressa para renovar "contrato mais importante da carreira"

Paulo Whitaker/Reuters
Atual contrato de Hamilton com a Mercedes vai até o final de 2018 Imagem: Paulo Whitaker/Reuters

Do UOL, em São Paulo

05/04/2018 17h42

Lewis Hamilton diz que "não será apressado" em assinar o que ele descreveu, em entrevista ao jornal Sky Sports, como o contrato "mais importante" de sua carreira com a marca Mercedes.

O acordo esperado de Hamilton para 2019 ainda não está concluído, apesar do otimismo de ambas as partes, durante a pré-temporada de que poderia ser resolvido antes da primeira parte da temporada.

Mas o piloto diz que ele e sua equipe estão satisfeitos com seu atual contrato – fechado em maio do último ano. "O próximo contrato é provavelmente o mais importante da minha carreira", disse o piloto de 33 anos no GP do Bahrein.

"O último contrato foi o mais importante até aquele momento e o próximo depois será ainda mais importante que o último. A decisão de quanto tempo quero me comprometer em estar na Fórmula 1 está se tornando cada vez mais importante, já que estou no final da minha carreira”, contou Hamilton.

"Não há pressa, não vou me apressar. Finalmente, você quer ter todas as informações."

Parte dessa informação é provável que seja como o esporte pode se tornar a partir de 2021, quando as regras de motor, aerodinâmicas e a distribuição de receita serão revisadas.

"Ouvi dizer que há um anúncio está para ser feito e estou interessado em ver o que está acontecendo na Fórmula 1, porque eu sou parte integrante dele", disse o piloto. "Seria ótimo saber como tudo se encaixa para nós. Talvez isso vá afetar vocês [a mídia], quem sabe?

"É bom para o time e bom para nós e é importante que nós tenhamos o nosso tempo. Você nunca deve se apressar. O time não está dizendo que eles estão conversando com outros pilotos e desde que eu estive com o time que eu tenho nunca falei com outro time. "

Ele acrescentou: "É uma coisa comum. Se tivéssemos tudo pronto, assinaríamos hoje".

Hamilton tem expectativa que o novo contrato tenha um prazo de vários anos até pelo menos o final de 2020, o ponto em que a Mercedes e a maioria das equipes estão atualmente comprometidas com o esporte até o momento. Quando a temporada de 2021 começar, Hamilton, o terceiro piloto mais velho no grid deste ano, terá 36 anos.