Topo

Fórmula 1

Com final emocionante, Vettel segura Bottas e vence GP do Bahrein

AFP PHOTO / Andrej ISAKOVIC
Sebastian Vettel venceu de ponta a ponta o GP do Bahrein Imagem: AFP PHOTO / Andrej ISAKOVIC

Do UOL, em São Paulo

08/04/2018 13h46

Sebastian Vettel largou na pole position, foi pressionado no final por Valtteri Bottas, mas cruzou a linha de chegada em primeiro para vencer um emocionante GP do Bahrein, neste domingo (8). Melhor maneira possível para o piloto da Ferrari comemorar sua 200ª corrida na Fórmula 1. Lewis Hamilton completou o pódio e foi o terceiro colocado.

Soberano com duas vitórias nas duas corridas da temporada 2018, o alemão amplia a vantagem na liderança do Mundial de Pilotos e soma 50 pontos, enquanto Hamilton tem 33, e Bottas soma 22.

Outro destaque neste domingo foi Pierre Gasly. O piloto da Toro Rosso já tinha brilhado no treino classificatório ao largar em quinto, mas foi ainda melhor na corrida e fechou com o quarto lugar, o que virou motivo de festa para a equipe.

A prova no Bahrein também foi marcada por um acidente impressionante. Kimi Raikkonen estava na terceira posição, mas teve que abandonar a corrida na 36ª volta depois que atropelou um mecânico da Ferrari durante sua segunda parada nos boxes.

O finlandês recebeu a autorização com luz verde para sair com o carro, mas um mecânico ainda fazia a troca do pneu traseiro esquerdo. Assim, a roda passou em cima da perna esquerda do mecânico, que sofreu fratura exposta.

Na saída do pit, o finlandês andou poucos metros, mas foi orientado a parar o carro e abandou a corrida ainda na reta dos boxes. Após o acidente, a Ferrari anunciou que o mecânico, chamado Francesco, foi prontamente levado a um hospital, e a suspeita é de fraturas na tíbia e na fíbula.

No início da prova, Alonso ganhou três posições na largada e, inclusive, ultrapassou Hamilton, que caiu para 10º. O britânico foi o quarto mais rápido no treino classificatório, mas perdeu cinco posições no grid por trocar a caixa de câmbio e largou em nono.

Hamilton se recuperou na quinta volta e com uma manobra ultrapassou três carros, entre eles Alonso, e foi para a sexta posição. Depois, o britânico foi para cima de Kevin Magnussen e tomou a quinta posição do piloto da Haas. Na oitava volta, o atual campeão da F1 ultrapassou a Toro Rosso de Gasly e já era o quarto colocado. Com o abandono de Raikkonen mais à frente, ele ganhou a terceira posição de graça e se manteve no mesmo lugar até o final.

Vettel fez sua primeira parada na 19ª volta, enquanto a Mercedes também se colocou em posição para a parada de Bottas, mas o finlandês não parou, em uma estratégia que pode ser sido feita para “forçar” o alemão da Ferrari a parar antes dos pilotos da equipe alemã. Na 20ª volta, foi a vez de Raikkonen parar. Os dois pilotos da Ferrari trocaram o pneu super macio pelo macio.

Já na 21ª volta, aí sim foi a vez da primeira Mercedes parar. Bottas foi para os boxes e colocou pneus médios, assim como fez Fernando Alonso, em uma tentativa de ir até o final da corrida, o que se provou certo no fim. Após as paradas, Hamilton ficou na primeira posição, mas Vettel ultrapassou o britânico na 26ª volta e recuperou a ponta. O piloto da Mercedes foi para o pit stop logo depois, na 27ª volta, e colocou pneus macios, diferente de seu companheiro de equipe.

Nas 15 voltas finais, já com Raikkonen fora da corrida, a disputa ficou entre Vettel e Bottas. O finlandês se aproximou do alemão aos poucos e, na última volta, estava a menos de 0,4 segundo da Ferrari. Vettel não parou mais nos boxes e levou o carro com pneus gastos até o final para tentar manter a ponta e não dar a primeira posição de presente para a Mercedes. No fim, depois de segurar Bottas até a linha de chegada, prevaleceu a categoria do alemão no Bahrein.

Drama da Red Bull: O domingo foi péssimo para a equipe austríaca. Daniel Ricciardo parou ao final da primeira volta com um problema elétrico, enquanto Max Verstappen, que largou em 15º após bater no Q1, forçou ultrapassagem para cima de Hamilton e tocou na Mercedes do britânico. Por conta do choque, o pneu traseiro esquerdo da RBR furou, e o holandês caiu para último. Ele chegou aos boxes e fez a troca de pneu, mas não conseguiu se manter na pista e teve que abandonar pouco depois.

A Fórmula 1 volta já no próximo fim de semana, quando ocorre o GP da China no domingo (15).

Confira a classificação do GP do Bahrein

1º Sebastian Vettel (ALE/Ferrari)
2º Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) – a 0s699
3º Lewis Hamilton (ING/Mercedes) – a 6s512
4º Pierre Gasly (FRA/Toros Rosso) – a 1min02s234
5º Kevin Magnussen (DIN/Haas) – a 1min15s046
6º Nico Hulkenberg (ALE/Renault) – a 1min39s024
7º Fernando Alonso (ESP/McLaren) – a 1 volta
8º Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren) – a 1 volta
9º Marcus Ericsson (SUE/Sauber) – a 1 volta
10º Esteban Ocon (FRA/Force India) – a 1 volta
11º Carlos Sainz (ESP/Renault) – a 1 volta
12º Sergio Perez (MEX/Force India) – a 1 volta
13º Brendon Hartley (NZL/Toro Rosso) – a 1 volta
14º Charles Leclerc (MON/Sauber) – a 1 volta
15º Romain Grosjean (FRA/Haas) – a 1 volta
16º Lance Stroll (CAN/Williams) – a 1 volta
17º Sergey Sirotkin (RUS/Williams) – a 1 volta

Não completaram
18º Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) – 36ª volta
19º Max Verstappen (HOL/Red Bull) – 5ª volta
20º Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull) – 2ª volta

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!