Topo

Fórmula 1

Vettel poupa Verstappen de críticas: "Pode acontecer com quem tem 300 GPs"

AFP PHOTO / Johannes EISELE
Sebastian Vettel evitou qualquer polêmica com Max Verstappen depois do acidente deste domingo Imagem: AFP PHOTO / Johannes EISELE

Do UOL, em São Paulo (SP)

15/04/2018 06h42

Quem assistiu a todo fim de semana e também o início do Grande Prêmio da China dificilmente tiraria Sebastian Vettel da briga pela vitória. Pole position e favorito, o alemão, no entanto, terminou em oitavo, prejudicado pela colisão com Max Verstappen, da Red Bull. Mesmo com o resultado frustrante, o tetracampeão adotou um discurso ponderado ao se referir ao holandês.

O acidente ocorreu na parte final da prova. Max Verstappen tentou ultrapassar Sebastian Vettel e acertou a Ferrari do alemão. Ambos rodaram na pista e acabaram ultrapassados. O representante da Red Bull, auxiliado pela estratégia da escuderia de realizar uma segunda parada para troca de pneus, manteve o ritmo, enquanto o ferrarista ficou mais lento e perdeu qualquer chance de pelo menos terminar no pódio.

“Ele já é experiente o suficiente, mas isso pode acontecer até com quem tem 300 corridas. Você só não pode esquecer o quanto é difícil fazer julgamentos dentro do carro, mas precisa ter a certeza de que não iremos falhar. Ele [Verstappen] poderia ter a asa dianteira danificada ou até um furo no pneu. Tivemos sorte”, discursou Vettel à Sky Sports.

A colisão comprometeu o fim de prova de Vettel. Mais lento e com os pneus desgastados, o alemão acabou superado por Fernando Alonso, da McLaren e precisou batalhar com Carlos Sainz Jr., da Renault, para sustentar a oitava colocação em Xangai.

Apesar do frustrante resultado, ainda mais após o fim de semana dominante, Vettel segue como líder do Mundial de Pilotos. O piloto de número 5 soma 54 pontos após três etapas, nove a mais do que Lewis Hamilton, da Mercedes, que terminou a corrida de domingo na quarta posição.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!