Topo

Fórmula 1

Haas espera recuperação de neto de Fittipaldi para negociar teste na F-1

Jose Mario Dias/Divulgação
Imagem: Jose Mario Dias/Divulgação

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Barcelona (ESP)

10/05/2018 07h58

O chefe da equipe Haas, Gunther Steiner, confirmou que a equipe estava negociando com Pietro Fittipaldi para que o brasileiro fizesse um teste com a equipe. 

“Estávamos conversando, mas não havia uma data certa. Mandei um WhatsApp para ele e falei com seu avô. No momento, vamos esperar ele melhorar e depois veremos o que vamos fazer”, disse Steiner ao UOL Esporte em Barcelona, onde a Fórmula 1 faz a quinta etapa da temporada, neste final de semana.

Pietro, que é neto de Emerson Fittipaldi, sofreu um grave acidente na classificação das 6h de Spa Francorchamps, na Bélgica, na última sexta-feira, e teve fraturas em ambas as pernas, além de lesões nos ligamentos do tornozelo. Com isso, ele vai perder as 500 Milhas de Indianápolis, que disputaria no final deste mês. A assessoria do piloto informou que ele deve ter alta do hospital em Liège, na Bélgica, ainda nesta semana e seguirá sua recuperação nos EUA.

Falando sobre a possibilidade de o brasileiro testar um F-1, Steiner explicou que as conversas estavam em seu início e deixou em aberto o envolvimento de Pietro com a equipe no futuro.

“Não havia a decisão de que ele testaria ou nenhum contrato assinado. O mais importante é que ele fique bem e depois veremos o que vai acontecer. No momento, eu poderia lhe responder que sim, que ele pode testar conosco, ou que não porque eu não sei”, explicou.

“Ele entrou em contato conosco e obviamente todos nós conhecemos seu avô. Eles perguntaram se poderíamos fazer algo juntos. Mas agora o mais importante é que ele fique bem.”

Gugu da Cruz tinha informado que o teste seria em julho, portanto, logo depois do GP da Hungria, quando a F-1 faz uma sessão de testes coletivos.