Topo

Fórmula 1

Para Alonso, GP de Mônaco foi "a corrida mais chata da Fórmula 1"

Benoit Tessier/Reuters
O piloto espanhol Fernando Alonso, da McLaren, em Mônaco Imagem: Benoit Tessier/Reuters

Do UOL, em São Paulo

27/05/2018 16h15

O piloto espanhol Fernando Alonso, da McLaren, não se empolgou com o GP de Mônaco, disputado neste domingo (27). A corrida, de fato, não teve grandes emoções e terminou com vitória do australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull.

Perguntado sobre suas impressões sobre os novos carros em Mônaco, Alonso disse: "Extremamente chato. Esta foi, provavelmente, a corrida mais chata da história da Fórmula 1", disse o espanhol em entrevista publicada pela revista "Autosport".

"Sem um carro de segurança, sem bandeiras amarelas. O esporte precisa pensar um pouquinho sobre o show, porque isso é decepcionante. Nós precisamos dar algo para os torcedores no fim da corrida para eles pagarem a passagem de volta", afirmou.

Segundo a revista "Autosport", Alonso culpou o circuito pela falta de emoção, e não os carros. "É apenas Mônaco, e é assim que é. Foi muito chato sem um carro de segurança ou qualquer coisa".

Na 54ª volta, o espanhol simplesmente viu sua McLaren parar por problemas no motor. O piloto figurava na zona de pontuação e precisou deixar a corrida em Monte Carlo próximo do fim. Foi o primeiro abandono do bicampeão em 2018.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!