Topo

Fórmula 1


Ricciardo comemora fim da 'zica' em Mônaco: "Foi minha redenção"

Boris Horvat/AFP
Ricciardo comemora com a Red Bull; australiano, enfim, venceu em Mônaco Imagem: Boris Horvat/AFP

Do UOL, em São Paulo (SP)

2018-05-27T13:48:56

27/05/2018 13h48

Há dois anos, Daniel Ricciardo largou na pole position em Mônaco, mas saiu do circuito de rua com a segunda colocação depois de um erro da Red Bull. Agora, o fim foi diferente. Mesmo com problemas de potência, o australiano sustentou a liderança de ponta a ponta, segurou Sebastian Vettel e venceu no Principado. A sensação ao final foi de alívio.

“Senti que perdi potência e pensei que ‘já era’. Dois anos depois do que aconteceu aqui, eu finalmente consegui uma redenção, ela chegou”, declarou Ricciardo ainda na pista de Mônaco para a transmissão oficial da Fórmula 1.

“Tivemos estes obstáculos no meio da corrida, mas vencemos em Mônaco. É bom, é muito bom”, acrescentou o australiano.

Ricciardo, no fim, comemorou a consistência do fim de semana. A Red Bull dominou todos os treinos, a qualificação e a corrida – tudo com Ricciardo. A escuderia ainda registrou a volta mais rápida da prova com Max Verstappen, que largou em último e terminou em nono.

“Tivemos problemas e precisamos fazer um monte de ajustes durante a corrida. Antes da metade, perdi a potência. Mas vamos para a casa usando apenas seis jogos de pneus, tenho que agradecer ao time. Estou chocado, posso expressar uma emoção ainda maior do que no sábado”, finalizou.