Topo

Fórmula 1

Hamilton engrossa críticas e sugere que GP de Mônaco precisa mudar formato

Benoit Tessier/Reuters
Imagem: Benoit Tessier/Reuters

Do UOL, em São Paulo

28/05/2018 08h03

O britânico Lewis Hamilton engrossou as reclamações com as poucas emoções do GP de Mônaco no último domingo e sugeriu que talvez seja o momento de a tradicional prova pensar em um novo formato para manter seu prestígio.

Em declarações publicadas pelo site “Motorsport”, o piloto da Mercedes disse que é preciso pensar em como deixá-la mais atraente para o público.

“Ela tem a maior expectativa, é a corrida mais especial do ano. Eu estava pensando: ‘É simplesmente uma pena que a corrida não seja tão empolgante quanto o espetáculo e quanto a pista é’”, disse Hamilton.

“Não há lugar como esse, mas acho que a Fórmula 1 precisa aplicar uma diferente regra, cronograma ou algo assim. Você não deveria poder fazer só um pitstop aqui. Talvez precise haver um formato diferente ou algo assim. É preciso ter as coisas mais bagunçadas – não sei o quê”, completou.

Hamilton, inclusive, chegou a citar a Nascar e, sem entrar em detalhes, deu a sua opinião do que poderia ser feito.

"Olhe para a NASCAR: eles colocam um monte de safety cars sem motivo algum para juntar o pelotão. Há 100 bandeiras amarelas na corrida para juntar todos. Talvez precisemos de duas corridas aqui. Quem sabe? Foram as 78 voltas mais longas de todas. Foi muito longo", completou.

Vale lembrar que até os anos 1960 o GP de Mônaco durava 100 voltas e tinha mais de três horas.

No último domingo, Hamilton chegou na terceira colocação, atrás de Sebastian Vettel e do vencedor Daniel Ricciardo. O espanhol Fernando Alonso disse que o GP de Mônaco foi a corrida mais chata do ano.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!