Topo

Fórmula 1

Red Bull quer resolver motor para 2019 antes de negociar com Ricciardo

Boris Horvat/AFP
Imagem: Boris Horvat/AFP

Do UOL, em São Paulo

30/05/2018 15h51

A Red Bull tem duas missões importantes para decidir neste meio de ano: a escolha do fornecedor de motor para a próxima temporada, além da renovação de contrato de Daniel Ricciardo. De acordo com chefe da Red Bull, Christian Horner, a escuderia austríaca vê como prioridade a definição dos propulsores para o próximo ano.

“A primeira coisa a resolver é o motor, e a partida daí ver com o piloto”, disse Horner a "Autosport".

“A realidade é encontrar uma solução para concluir um acordo com Daniel nos próximos meses”, complementou.

Atual fornecedora da Red Bull, a Renault reclama da demora na definição da escuderia.

A Red Bull vive um dilema: o motor Renault mostrou evolução na temporada e tem demonstrado força contra seus concorrentes Ferrari e Mercedes. Mas a Red Bull acredita que o time pode ficar novamente vulnerável caso seus dois rivais apresentem melhorias neste ano.

Por outro lado, a Red Bull monitora o desenvolvimento feito pela Honda, que teve baixa produção na parceria com a McLaren nos anos anteriores. A Red Bull quer analisar cuidadosamente o rendimento da Honda no GP do Canadá, em 10 de junho. A Toro Rosso utiliza motor Honda.

Quanto ao um novo contrato com Ricciardo, a Red Bull mantém sua posição e quer resolver o assunto até agosto.

Valorizado após sua vitória em Mônaco, a segunda no ano, o piloto australiano quer garantias de que a Red Bull estará forte para o próximo ano. O contrato de Ricciardo vence no fim da temporada.