Topo

Fórmula 1

Vettel vence GP da Inglaterra e abre vantagem na liderança da F1

Mark Thompson/Getty Images
Largada do GP da Inglaterra de Fórmula 1 Imagem: Mark Thompson/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

08/07/2018 11h41

Sebastian Vettel não se importou com pressão da torcida e fez a festa na casa do adversário. O piloto da Ferrari ganhou o Grande Prêmio da Inglaterra, neste domingo, em Silverstone, e abriu vantagem na liderança na classificação geral. Favorito, o britânico Lewis Hamilton havia partido na pole position, mas se envolveu em acidente na primeira volta e precisou fazer prova de recuperação para cruzar a linha de chegada em segundo. Kimi Raikkonen, também da Ferrai, foi o terceiro. Com o triunfo, o alemão passou a somar 171 pontos, já Hamilton está com 163. 

Depois de falhar na largada e de se envolver em acidente com Raikkonen, Hamilton precisou fazer uma corrida de recuperação. Apesar de ter caído para as últimas posições, ele não teve dificuldades para voltar à zona de pontuação.

Já Vettel conseguiu manter um ritmo e uma distância relativamente confortável para Bottas até a primeira metade da prova. Na parte final, o alemão perdeu a posição para Bottas, que tinha feito uma parada a menos para troca de pneus. Porém, nas últimas voltas, Vettel retomou a liderança.

A 11ª etapa da temporada vai acontecer no dia 22 de julho. O primeiro treino livre do GP da Alemanha será na sexta-feira, dia 20, às 6h (horário de Brasília). Já a corrida terá início no domingo, às 10h10. 

Vettel perfeito na largada

A largada foi perfeita para a Ferrari. Antes mesmo da primeira curva, Vettel já tinha superado Hamilton, que partiu da pole position. Para complicar ainda mais a vida do britânico, ele se envolveu em um acidente com Raikkonen e caiu para as últimas posições.

Punição

Os comissários analisaram o choque entre Raikkonen e Hamilton na primeira volta e decidiram pela punição do finlandês da Ferrari, que com penalidade de 10 segundos.

Recuperação

Para a alegria dos ingleses, Hamilton deu um show de ultrapassagens durante a sua corrida de recuperação. Depois de cair para a 17ª posição após o choque com Raikkonen, ele teve de escalar o pelotão. Já na 13ª volta, ele era o sexto colocado. 

Susto e estratégias diferentes

Na volta 33, Marcus Ericsson deu um susto. O sueco escapou com a sua Sauber na curva 1 e parou na barreira de pneus. O piloto deixou o carro sem ferimentos, mas a prova ficou sob bandeira amarela, com safety car (carro de segurança). Neste momento, Vettel fez mais uma troca de pneus e caiu para a segunda posição, enquanto Bottas assumiu a ponta. Hamilton assumiu a terceira colocação.

Relargadas

A relargada aconteceu na volta 38, Bottas conseguiu manter a primeira colocação. Mas logo na sequência, Romain Grosjean e Carlos Sainz se envolveram em um acidente e provocaram mais uma bandeira amarela e outra entrada do carro de segurança. Mais uma vez, Bottas permaneceu à frente de Vettel, mas o alemão passou a pressionar mais o finlandês.

Ferrari x Mercedes

Nas últimas voltas os duelos entre Ferrari e Mercedes chamaram a atenção. Bottas e Vettel lutavam pela primeira colocação. Já Hamilton e Raikkonen disputam a terceira colocação. Na volta 47, Vettel conseguiu dar o bote e ultrapassar o finlandês para retomar a liderança. 

Jogo de equipe

Com Vettel na liderança, Bottas abriu passagem para o companheiro da Mercedes, Hamilton, que pulou para a segunda posição. Com pneu mais desgastado, Raikkonen também superou Bottas e garantiu um lugar no pódio.

Confira a classificação

1. Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) 1h27m29s784
2. Lewis Hamilton (GBR/Mercedes) +2s264
3. Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) +3s652
4. Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) +8s883
5. Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull) +9s500
6. Nico Hulkenberg (ALE/Renault) +28s220
7. Esteban Ocon (FRA/Force India) +29s930
8. Fernando Alonso (ESP/McLaren) +31s115
9. Kevin Magnussen (DIN/Haas) +33s188
10. Pierre Gasly (FRA/Toro Rosso) +34s129
11. Sergio Pérez (MEX/Force India) +34s708
12. Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren) +35s774
13. Lance Stroll (CAN/Williams) +38s106
14. Sergey Sirotkin (RUS/Williams) +48s113

Não completaram

Max Verstappen (HOL/Red Bull)
Romain  Grosjean (FRA/Haas)
Carlos Sainz (ESP/Renault)
Marcus Ericsson (SUE/Sauber)
Charles Leclerc (MCO/Sauber)
Brendon Hartley (NZL/Toro Rosso)

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!